#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

16.1.11

Um giro muito giro - 6

A indústria do turismo oferece muitas opções aos indefesos aventureiros modernos.



Nós, um pouco mais alternativos ( e semi-indefesos ) consideramos :
" Estar em Lisboa e não passear num " elétrico " ?
Impossível !



E fomos à Belém no elétrico da linha 15 ver o que existe por lá,
além daqueles tão falados pastéis.



E passando uns calafrios ao contar as moedas e
torcendo para termos a quantia certinha para pagar o bilhete .


Fomos duas vezes a Belém , oficialmente para ver melhor tudo que há por lá .
Extra-oficialmente , queríamos é poder comer mais umas vezes os fabulosos pasteiszinhos .

8 comentários:

João Menéres disse...

Muito bem relatado, com a dose indispensável de humor.

Abraços, Peri.

peri s.c. disse...

E há muito a relatar ainda, João, espero que a platéia não se canse.
obrigado e abraço

Lina Faria disse...

Que delicia de férias!
Ainda mais pensando o tempo todo em portugues, o que é mais prático.

expressodalinha disse...

Pasteis eléctricos... Sabem sempre bem.

peri s.c. disse...

Lina

Uma semana passada do retorno, cada vez mais sólida a impressão que foram deliciosas mesmo, saudades.

peri s.c. disse...

Jorge

Há quanto tempo vocês não vão lá de létrico saborear um pastel ?

Li disse...

nem me fale dos pastéis...
ai!

peri s.c. disse...

Li
Para começar bem o dia, comia uns dois, lentamente, no " pequeno almoço " matinal ....