#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

9.1.10

A gordura e os portais





Os portais urbanos são uma criação da época em que as cidades tinham a mania de se protegerem das invasões, bárbaras ou não, com grossas muralhas. Em cima delas, seus habitantes divertiam-se jogando óleo fervente, enormes pedras, flechas incendiárias ou apagadas mesmo e o que mais estivesse à mão na cabeça dos belicosos e fétidos visitantes. Essas desinteligências são importantes até hoje já que permitem os momentos culminantes dos filmes , vide O Senhor dos Anéis e Cruzada, se bem que nesse o bom mesmo é a Eva Green .

Os portais depois da diminuição da importância da proteção advinda das muralhas , transformaram-se em significativos símbolos sócio-urbanos, vide o de Brandemburgo ( foto lá em cima ) e os " Arcos " : do Triunfo em Paris , o de Constatino e o de Tito em Roma, etc, etc, etc, etc.
E, putz, hoje temos os xexelentos "portais" de nossos ( nossos ? deles. ) condomínios fechados .

Mas a coisa nem sempre dá certo.

Não deu certo em Americana, cidade do interior de São Paulo, conhecida por sua importante indústria têxtil.
Parêntesis : hoje os bárbaros não vem à cavalo, vem de navio, Americana quase fechou com a invasão de tecidos chineses, mas isso é outro assunto.


Bem, ontem começaram a demolir o recente e pretensamente imponente "Portal da Princesa Tecelã" da cidade , criado a partir da necessidade de se criar uma base da Guarda Municipal.
Custou R$850 mil .


foto Paulo Planta

O povo de lá não gostou nem um pouquinho da estátuas criadas pelo artista plástico Gagliastri ( link para seu site ) .

As matérias sobre o assunto informam que a população execrou o imponente portal porque as estátuas eram .... gordas ! E pintadas de laranja ( terracota , talvez ? ) ! Segundo a população tecelãs não são gordas nem alaranjadas .

foto Fbryan

A Prefeitura fez uma enquete com o povão e em função do resultado avassalador, partiu para demolição. Democracia tem dessas coisas.

Nada contra as estátuas, mas que esse portal com suas guaritas laterais é ruim de doer, é. Não sei se foi o escultor que o projetou, mas como não se fazem mais Berninis e Michelangelos ( que dominavam com maestria os espaços ) e se é para se construir o tal portal que façam um concurso entre arquitetos que, supõe-se, deveriam ter mais vivência com intervenções espaciais urbanas .

Fica a interminável questão do que é afinal arte, para o gosto médio da população .

16 comentários:

Quase Blog da Li disse...

Deus meu!!!
Aquele arco-bunda...
já vi algo parecido
...
mas era mais elegante...

:(

Eduardo P.L disse...

Peri,

o que é feio e de gosto duvidoso, é melhor que seja, mesmo, removido. Quem vai fazer o gosto do povo é a BOA obra! As outras só inburrecem!

Ricardo Soares disse...

sensacional o post, sensacional o mote do post... fico aqui divagando sobre esse tal de trágico gosto médio... feliz 2010 pra vc... abraço

peri s.c. disse...

Li
Um arco triunfal-bundal, esquisito .

peri s.c. disse...

Edu

O portal é horrível* , as esculturas não dá para avaliar, as fotos são pequenas. Mas o escultor é bom, você olhou o site dele ? O problema é o composto da "obra".
O povo está pronto para diferenciar o que é bom do que é ruim ?

* e ineficiente, sua origem era ser um posto da guarda municipal, mas não funciona, os guardas não tem visão do entorno em função do projeto proposto, eh, eh.

peri s.c. disse...

Ricardo
Obrigado, bom 2010 prá você também , pelo menos com menos embromações e burrices no ar.

E não precisa divagar muito não, o gosto médio assusta .

Allan Robert P. J. disse...

Realmente o portal é feio pra chuchu. Mas os portais antigos não chegavam a ser mania, mas necessidade. E aí juntavam o útil ao agradável e hoje ninguém tem coragem de derrubar os já inúteis portais.

Lina Faria disse...

O pessoal continua inventando portais. Além dos "neoclássicos" dos condominios, temos aqui ainda os portais étnicos. Com concurso e tudo, são horriveis. Aliás, arte pública é uma coisa muito séria. Muito dificil de acertar...

peri s.c. disse...

Caro Allan
São importantes testemunhos históricos e arquitetônicos . E, por ex, aí na Itália, ainda importantes referências para se movimentar nas cidades que tem ( tiveram ) muralhas .

A ironia do post vai por conta do fato que por aqui continuam a ser construídos nas entradas de pequenas/médias cidades e nas entradas de condomínios fechados, como se fossem necessários para "enobrecê-los". E com resultados na maioria das vezes horrorosos, mal resolvidos e num verdadeiro " pasticcio" de estilos.

peri s.c. disse...

Lina
Retrocesso histórico, portais e ... pseudo-muralhas cercando condomínios, verticais e horizontais.
E os shopping-centers : arremedos de cidadelas medievais, aqui um lugar " seguro" .

gugala disse...

Gente, mas que falta de sensibilidade.
É que a fonte central está desligada por isso a forma tão... tão...trabalhada.
Mostre a foto noturna com a iluminação de luz fria sobre a fonte.

peri s.c. disse...

Gugala

A fonte luminosa é um velho e jurássico ícone urbano, hoje em desuso, as que sobreviveram pelo interior devem estar tristemente secas e apagadas . As pessoas não vão mais dar umas voltas na praça .
Exceto na Itália, lá continuam dando suas "passegiatte", as novelas das 8, 8:30, 9:00 não fazem sucesso ...

................

PS : Relendo esta resposta, lembrei que as fontes não são velhos ícones abandonados aparecem em muitos shoppings.
Trocamos a vida outdoor pela vida indoor, que pobreza.

Adelino P. Silva disse...

Peri, concordo integralmente com a população de Americana que repudiou o seu "portal". Bem que poderiam colocar ali dos dois lados duas belas figuras femininas. Modelos não iam faltar para isso.
Um grande abraço.

peri s.c. disse...

Adelino
A pior reação é a indiferença, viva então os protestos !

Al Kantara disse...

Eu queria era ver esse portalzinho à porta da casa do tal Gagliastri...

peri s.c. disse...

Al

Excelente idéia.