#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

29.5.07

Do baú

Ontem, zapeando a tv, peguei o finalzinho, do Roda Viva na Tv Cultura. O entrevistado era o Paulo José. Pelo pouco que vi a conversa foi ótima . Mas não dá para vê-lo sem lembrar da Dina Sfat. E de uma foto guardada faz tempo.

Que atriz. E que mulher.

foto do Paulo Garcez

19 comentários:

anna disse...

uma unanimidade!

sobre o post anterior, uma pergunta: seu circo teve alguma melhora nesses últimos tempos, tipo lona nova, nariz de palhaço novo ou aquisição de um belo elefante branco?

peri s.c. disse...

Anna, circo ?
Não, não cobriram, cercaram.
Um enorme e triste hospício.

Marcio Gaspar disse...

Dina, Leila Diniz, Ana Maria Magalhães, Adriana Prieto, Helena Ignez, Aizita Nascimento, a professora de ingles da TV Cultura... ahhh... delírios & delícias...

peri s.c. disse...

Marcio, pensei que você tinha lembrado de todas, mas faltaram pelo menos a Adele Fátima e a Rossana Ghessa.

Eduardo P.L. disse...

Mulheres da nossa juventude. Não se faz mais mulheres como antigamente! (:-D

Marcio Gaspar disse...

É verdade Peri, Rossana Ghessa era demais mesmo... mas nada pra mim supera a Ana Maria Magalhães em 'Como era gostoso o meu francês' - verdadeiro ícone do panteão masturbatório brasileiro!

peri s.c. disse...

Eduardo
E que mulheres! Merecidamente sempre silenciosamente homenageadas!

Marcio
Panteão do deus Onan, sempre invocado por seus idólatras, com mais fervor, concentração e entrega do que os praticados em qualquer rito evangélico de hoje em dia.

anamoraes disse...

era uma divina, essa Dina!

peri s.c. disse...

Ana, divina diva Dina.

claudio boczon disse...

vou ter que discordar do Eduardo, de minha parte continuamos fazendo mulheres como antigamente, o método ainda não mudou tanto assim para ser apenas legado ao passado.

agora, sempre nos parece que essas divas em P&B tinham uns quês a mais, e outros a menos, e isto ainda faz a diferença.

peri s.c. disse...

Boczon, mudou o Natal ou mudamos nós ?

valter ferraz disse...

Peri, coitado do Paulo José! Voce começou falando dele e todos falamos da mulher dele.
Dina Sfat, que olhão, meu Deus!
Eu perdí o Roda Viva. Chegou visita bem na hora, demoraram a ir embora, perdi.
Abração

Lord Broken Pottery disse...

Peri,
Bela lembrança! Uma das mulheres mais lindas e inteligentes que já passou pela televisão.
Abraço

peri s.c. disse...

Valter,formavam um belo casal.

Lord, lindas e inteligentes, uma combinação altamente desejável, não só na televisão.Em qualquer hora, em qualquer lugar.

Meg disse...

Interesante mesmo que a entrevista com o Paulo Joseé tenha se desviado para Dina
Grande mulher, "uma estivadora intelectual" como ela se definia, dizia que tinha orgulho de seus seios caídos.

A separação dos dois fou rumorosa... mas ainda hoje seus nomes estão ligados.
Costumava encontrá-lo no Estação Botafogo , ele já casado com a Zezé Polessa de quem se separou.
Mas Dina é grandiosa por si mesma.
Valeu, parabéns por lembra´-la.
Duas oisas tenho um entrevisata ma-ra-vi-lho-sa com ela, na Revista de cabeceira da Mulher , já na segunda versaão (da Editora Civilização Brasileira)
E esta foto feita do Paulo Garcez, já está devidamanete flickrada:-)
Uma das poucas que existem dela.
beijos
Meg

By the way, as filhas do casal, saíram uma beleza , não acha?
M.

peri s.c. disse...

meg, foi uma lembramça legal.
E, curioso, tenho, na primeira versão, o Livro de Cabeceira do Homem. Ilustrado pelo Jaguar, se não me engano.Tinha textos ótimos , não sei porque não relançam.

jayme disse...

A mais deslumbrante era mesmo ela, Dina Sfat.

Fernando disse...

Oi, Peri,
ia dizer, Jayme falou antes:
Deslumbrante!
abraços
fernando cals

peri s.c. disse...

Jayme e Fernando
Ela estava gostosésima nesta foto.