#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

18.1.11

Um giro muito giro - 8



Dia em que fomos gentilmente recepcionados pelo amigo blogueiro de Lisboa ,
o Jorge " Expresso da Linha " Pinheiro e a Fernanda para uma ótima excursão à Sintra
e depois, de volta à base nos encontramos com a Rose " Absolutely " Rouge


E lá fomos para ...

O Cabo da Roca, onde nosso anfitrião, um de seus convidados e
o fotógrafo que vos escreve quase foram atirados lá para os lados do Canal da Mancha
pela impressionante ventania.
As senhoras Pinheiro e S.C. ficaram escondidas no carro .


Depois subir a serra e
chegar ao, nesse dia, sombrio, enevoado e chuviscoso Palácio da Pena.
Depois de consultar meu Querido Diário ,
cheguei à conclusão que este
foi o lugar onde passei o maior frio de minha vida, brrrrrr


Até as medonhas gárgulas tirintavam de frio,
neste Palácio de Verão,
que não era usado por razões óbvias no inverno, brrrrr


Um Palácio decorado com umas figuras bem esquisitonas .

Conforme explica a Wikipedia :

" O aparente ecletismo da arquitectura do palácio revela a intenção de fazer dele como que
um catálogo das formas neomedievalizantes e exóticas disponíveis na altura.
Do neogótico ao neomourisco, passando por sugestões indianas e pelo inevitável manuelino,
tudo ali aparece, segundo um esquema de fascinante
bricolage


Ou como diria Stanislaw Ponte Preta , um samba-arquitetônico
do afro-americano miscigenado doido
.


Sintra uma gracinha colorida


Alguns turistas encantados com o local

Estas antigas cidades, implantadas respeitando as encostas dos
terrenos onde estão oferecem lindas perspectivas
.


Outro flagrante de turistas ( lisboeta em Sintra é turista, ora pois )


Acho que ali não há mais nehuma padaria. Coisas do progresso.


Quinta da Regaleira, outro mix arquitetônico intrigante .

Mais Wiki : "
desenhada pelo traço do arquitecto e cenógrafo italiano Luigi Manini,
dá à quinta de 4 hectares, o palácio, rodeado de luxuriantes jardins, lagos, grutas e
construções enigmáticas, lugares estes que ocultam significados alquímicos, como os evocados
pela Maçonaria, Templários e Rosa-cruz
. Modela o espaço em traçados mistos,
que evocam a arquitectura românica, gótica, renascentista e manuelina."

Quando forem lá contratem o Jorge como guia .

Só ele para explicar a complexidade e as entrelinhas das soluções espaciais, formais e simbológicas esta Quinta.




Exemplo dessa complexidade esse poço iniciático, impressionante .
Sai dali algo iniciado .


Interiores impressionantemente rebuscados




De volta à noturna Lisboa


Um varal para o homem dos varais, o Eduardo


Flanando pelo Chiado


Um jantar blogueiro transatlântico, já com a Roserouge


A placa informa :
" No quarto andar desta casa nasceu em 13 de Junho de 1888 o poeta Fernando Pessoa ",

só li a placa depois e não percebi que fotografei só até o terceiro andar ...



Lisboa by night, uma beleza


13 comentários:

claudio boczon disse...

a vista helicoidal,
genial, o pá!

expressodalinha disse...

Uma visita integrada. Até me apeteceu voltar. E não estava assim tanto frio, pá.

Eduardo P.L disse...

Ótima REPORTAGEM!
Fernanda e Jorge são muito bons anfitriões! A Bé ainda não conheço pessoalmente, embora vocês se tenham conhecido no Varal! A blogosfera tem dessas!!! srs

peri s.c. disse...

Claudio
Esta helicóide é sensacional .
Lá embaixo termina num túnel escuro que o candidato tem que percorrer até voltar à luz do dia, segundo o Jorge, faz parte do ritual iniciático .

peri s.c. disse...

Jorge

Não estava frio ? Estava apenas enregelante, cruzes.

peri s.c. disse...

Grato, Edu.
A saga continua.
Há material para mais uns 15 posts, ah, ah.

peri s.c. disse...

Complementando Edu :

A passagem do virtual para o real, quando enfim conhecemos as pessoas com quem tínhamos contato pela net, até agora só confirmaram as boas imprssões que tínhamos delas. Ótimo.

João Menéres disse...

Fquei encantado com a imagem panorâmica do
Palácio da Pena !
Pena, pena, foi o tempo nublado...
Julgo que tal perspectiva só é possível no Inverno.

A do poço da Regaleira também é impressionante.
Pois, a ABSOLUTELY ainda não calhou de estar nos ENCONTROS DE BLOGUEIROS que no ano passado se realizaram.
Assim, ainda não tive o gosto de tornar real a amizade virtual.
Às vezes, é mais fácil quando há um oceano no meio...
RsRsRs...

Um abraço.

peri s.c. disse...

João

O tempo nublado deu um adequado ar fantástico a este castelo hiper-multi-eclético.

Esse poço precisa ser visto in-loco, E imaginar então os rituais que aí aconteceram, talvez na calada da noite .

Vocês só tem o Douro a separa-los eh, eh, mais fácil.

Li disse...

Adorei o politicamente correto
"um samba-arquitetônico
do afro-americano miscigenado doido ."
Essa foi demais!
kkkkkkkkkk

peri s.c. disse...

Li, todo cuidado é pouco .... as patrulhas estão atentas.

Anônimo disse...

Peri,
tá certo, as patrulhas estão muito atentas...
Bj
Vivina

peri s.c. disse...

Vivina
pois é .

bj