#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

28.1.11

Um giro muito giro - 14



On the road, chegando à ...

Batalha - O Mosteiro de Santa Maria da Vitória



" O Mosteiro de Santa Maria da Vitória (mais conhecido como Mosteiro da Batalha) situa-se na Batalha, Portugal, e foi mandado edificar por D. João I como agradecimento à Virgem Maria pela vitória na Batalha de Aljubarrota.[2] Este mosteiro dominicano foi construido ao longo de dois séculos, desde o início em 1386 até cerca de 1517, ao longo do reinado de sete reis de Portugal, embora desde 1388 já ali vivessem os primeiros dominicanos.

Exemplo da arquitectura gótica tardia portuguesa, ou estilo manuelino, é considerado património mundial pela UNESCO, e em 7 de Julho de 2007 foi eleito como uma das sete maravilhas de Portugal " Fonte Wikipedia



Foto aérea e desenhos fonte : site do Mosteiro







Gosto destes santos em turminha


Dia 31 de Dezembro , o porteiro bigodudo ( enfim um bigodudo, raios ) não estava assim muito feliz de estar trabalhando






O fotógrafo
fotografado
fotografando

A foto
feita pelo fotógrafo
que foi
fotografado
fotografando
( nota : este casal estava em Tomar, depois também os vi em
Alcobaça, quase sempre o mesmo roteiro )






Lindos estes alto-relevos


As Capelas Imperfeitas, tanto trabalho ...


... e ficaram sem teto


Esses rendilhados em pedra são um trabalho de uma delicadeza impressionante






Preciso de um claustro como esses na mansão S.C.,
minhas meditações transcendentais seriam mais profundas e produtivas

12 comentários:

João Menéres disse...

Estou de acordo, MAURO, um claustro assim lá num dos cantos dava mesmo jeito.
Mas não leve este porteiro...
Verifico que fez a EN 1, fugindo da A1.
É verdade, ou apenas meia verdade ?

Um abraço e obrigado pelas imagens seleccionadas que mostra a todos desta MARAVILHA que Porugal tem.

peri s.c. disse...

João

Acho que é a E1 mesmo. Na verdade a primeira foto foi tirada quando voltávamos da Alcobaça indo para Leiria. Nos surpreendemos ao passar ao lado do Convento .

Um prazer fazer esta série, estou re-viajando ao preparar estes posts .

expressodalinha disse...

Só falta a Padeira de Aljubarrota.

peri s.c. disse...

Ah, ah, Jorge.
Fui pesquisar a tal padeira .
Ainda bem que não encontrei com nenhuma descendente dela, já imaginou se uma das tataranetas me confunde com um castelhano ?

expressodalinha disse...

Mauro: é só uma lenda, mas uma lenda perigosa. A mulher devia ter bigode :)

peri s.c. disse...

Jorge

diz a lenda : " uma mulher corpulenta, ossuda e feia, de nariz adunco, boca muito rasgada e cabelos crespos. " sem dúvida, bigoduda !

Allan Robert P. J. disse...

Belas fotos, belo lugar. Os santos da turminha são de tonalidades diferentes. :)

peri s.c. disse...

Obrigado, Allan .
Santos tem lá suas nuances,enfim eram humanos.

Li disse...

Ótimo os "santos em turminha"!
As rendas de pedra são maravilhosas!
Belas imagens!

Ah, conheço a lenda da padeira heroína de 6 dedos!
É,
mulher de bigode, nem o diabo pode!

peri s.c. disse...

Li

Santos em turminha : proteção em grupo, êta.

Eu não conhecia essa lenda.
A tal padeira era da "pá virada", ah, ah .
( será que essa expressão vem da lenda da padeira ? )

Anônimo disse...

Peri,
retardatária, só posso repetir o que já disseram.Viagem linda, presentão pra nós. Obrigada
Vivina

peri s.c. disse...

Vivina

Que bom que vocês estão curtindo.
beijo