#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

11.10.09

Coreto Musical


" Mas quem sou eu nesta vida tão louca?
Mais um palhaço no teu carnaval
Casa de sombra vida de monge
Quanta cachaça na minha dor
Volta pra casa, fica comigo
Vem que eu te espero tremendo de amor "


Nunca prestei a devida atenção a essa música. Tema de novela, acabou recortada em versões mais " palatáveis " ao " grande público ", que ouvíamos de passagem. Impossível alcançar a beleza que essa suite de uma personagem bahiana, sem bahianices, tem quando ouvida na íntegra .
Ontem ouvi e prestei atenção à sua versão completa, no rádio do carro, em um bom programa desses eno-experts, que tratava de cachaças e tocava músicas onde elas apareciam nas letras.




Vim do norte vim de longe
De um lugar que ja nem há
Vim dormindo pela estrada
Vim parar neste lugar
Meu cheiro é de cravo
Minha cor de canela
A minha bandeira
É verde e amarela
Pimenta de cheiro
Cebola em rodela
Um beijo na boca
Feijão na panela
Gabriela
Sempre Gabriela

Passei um café inda escuro
E logo me pus a caminho
Eu quero rever Gabriela
De novo provar seu cheirinho
Manhã bem cedinho na mata
O sol derramou seu carinho
Um brilho na folha da jaca
Pensei em rever meu benzinho
Gabriela

Se ainda sobrasse um dinheiro
Podia comprar-te um vestido
E mais um vidrinho de cheiro
Contar-te um segredo no ouvido
Te trouxe um anel verdadeiro
Sonhei que era teu preferido
Pensei, pensei tanta coisa
Ah, me deixa ser teu marido
Pensei, pensei tanta coisa
Queria casar-me contigo
Gabriela
Gabriela
Todos os dias esta saudade
Felicidade cadê você
Já não consigo viver sem ela
Eu vim à cidade pra ver Gabriela

Tenho pensado tanto na vida
Volta bandida mata essa dor
Volta pra casa, fica comigo
Eu te perdôo com raiva e amor
Chega mais perto, moço bonito
Chega mais perto meu raio de sol
A minha casa é um escuro deserto
Mas com você ela é cheia de sol
Molha a tua boca na minha boca
A tua boca é meu doce é meu sal

Mas quem sou eu nesta vida tão louca?
Mais um palhaço no teu carnaval
Casa de sombra vida de monge
Quanta cachaça na minha dor
Volta pra casa, fica comigo
Vem que eu te espero tremendo de amor

Em noite sem lua, pulei a cancela
Cai do cavalo, perdi Gabriela
Oh lua de cera, oh lua singela
Lua feiticeira cadê Gabriela?

Ontem vim de lá do Pilar
Inda ontem vim lá do Pilar
Já tô com vontade de ir por aí
Ontem vim de lá
Inda ontem vim de lá
Já tô com vontade de ir por aí
E na corda da viola todo mundo sambar
E na corda da viola todo mundo sambar
Todo mundo sambar
Todo mundo sambar quebra pedra....

O vídeo :
Montreal Jazz Festival, 1986
Antonio Carlos Jobim - vocals & piano,
Jacques Morelenbaum - violoncelo,
Paulo Jobim - guitar,
Danilo Caymmi vocals & flute,
Sebastião Neto - bass,
Paulo Braga - drumms,
Ana & Elizabeth Jobim, Simone Caymmi, Maúcha Adnet, Paula Morelenbaum - vocals.

19 comentários:

Selena Sartorelo disse...

Olá Peri,
O programa a que se refere é transmitido pela rádio Eldorado FM, 92,9 Mhz...é programa de começo de noite, não lembro o nome do apresentador, mas ás vezes o ouço pois ele é um horário próximo do Trilhas e tons que gosto muito de ouvir e um outro programa apresentado pelo Nelson Motta se não me falhe a memória.
Não assisto novelas há muitos anos apesar de produzí-las até bem pouco tempo atrás...nunca poderia imaginar que era um tema de uma, mas como dizem novela também é cultura não é mesmo?

beijos,

peri s.c. disse...

Selena

O programa é o "Adega Musical " onde tiradas as questões de " leves toques, traços, retrogostos " e etc, tem uma programação musical excelente, vide Gabriela na íntegra seguido, ontem no mesmo tema, de " A Turma do Funil ", um velho sucesso de carnaval. Vai ao ar aos sábados às 13:00 com reprise domingo às 20:00.
Mas bom mesmo é o " Sala dos Professores " todos so dias às 19:00, esse eu não perco.

bjs

gugala disse...

Também sou assiduouvido da Eldorado. Campeã.
Também ouvi o adega e me deu uma sede daquelas...
abç

gugala disse...

ouvi de novo e continuo achando uma das músicas mais lindas já feitas.

Quase Blog da Li disse...

Eta maravilha!
Bom demais...
obrigada Peri
beijo

peri s.c. disse...

Guga

A Eldorado das 19:00 às 21:00 é ótima.
Até o programa do Ed Motta é bom, ah, ah.

peri s.c. disse...

Li

Finésimo, em música e ... letra o Maestro Jobim .
bj

Lina Faria disse...

Peri, não gosto muito de vídeo em blog, mas esse valeu a pena!

peri s.c. disse...

Lina

Eu também não. Resisti um tempo antes de postar essa série de " Coretos " e outros vídeos .
Mas não dá para ignorar certas preciosidades do Você Tubo .
Em doses homeopáticas, vamos levando .

anna disse...

acho que vou linxada pelos companheiros do comentário e limada por vc, mas... eu odeio esses grupos de mulheres cantantes! é como solo de bateria. chato!

pronto, despejei!

peri s.c. disse...

Anna
Considere-se esquartejada.
Solo de bateria concordo, quanto mais longo maior o porre, mas essas belezuras canoras, além de enfeitarem o palco, são um contraponto fundamental para o Tom cantando. O Tom cantando é um ... fantástico compositor.

Lord Broken Pottery disse...

Peri,
Viajando por mundo afora, Tom Jobim foi dos raros brasileiros capazes de me fazer orgulhar-me por ser brasileiro. Em todos os lugares ele é respeitado, admirado, referenciado. Pra mim ele é sagrado.
Grande abraço

peri s.c. disse...

Prezado Lord

Ele e Oscar Niemeyer, dos que utilizaram os músculos mentais e criativos.
Pouco não?

abraço

Marcio Gaspar disse...

peri: por coincidencia, passei tb os últimos dias (re)ouvindo o mestre jobim, 'gabriela' entre elas (gal esplendorosa na gravação original). mas (re)ouvi sobretudo o lp 'urubu', que abre com a sensacional 'boto' (o golfinho, não a 1a pessoa do verbo 'botar'...). e olha: entendo a anna qdo ela desanca o coral feminino, mas tb concordo contigo qdo enaltece as belezuras. a verdade é que o mestre podia tudo. até mesmo cantar com sua voz roufenha e pouco sonora. seu contraponto vocal na belíssima 'anos dourados' (que chico 'leva' na maior parte), p.ex., é hilariante, ficando muito próximo do imagável personagem barbosa (do ney latorraca na tv pirata). mas tom é tom, o maestro soberano. e ponto final.

gugala disse...

Pô, anna, olha os naipe das gabrielasrouxinóis! ahaha
bj

peri s.c. disse...

Marcio

Ótima a comparação com o " Barbosinha " , ah, ah, ah.

E : o Tom tudo podia, conquistou isso .

peri s.c. disse...

Guga
Não trocavas a Gabriela com toda sua malemolência e sestrice por essas cinco ? Hamm?

gugala disse...

na hora

Nade disse...

Que bela lembrança!
Lido! Lindo!
Bjs