#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

2.3.09

Dueto espacial






Oscar Niemeyer + Athos Bulcão
1960, edifício em Belo Horizonte

30 comentários:

Eduardo P.L disse...

O VELHINHO começou inovar cedo!

peri s.c. disse...

Eduardo
ON começou a inovar logo depois de formado, em 34 : a Obra do Berço ( Rio ) é de 37, Pampulha é de 1940, o Copam de 51, sua casa de Canoas de 52, Brasília de 57 e por aí vai ...

Marcio Gaspar disse...

sanduíche-íche-íche de pastilhas-tilhas-tilhas

roserouge disse...

Lindo mesmo, parece que mexe, cheio de movimento! Eu cá gosto do ON.

peri s.c. disse...

Marcio
Para comer com os olhos.

peri s.c. disse...

RR
Precisavas ver o prédio inteiro, são vários nessa linguagem. Belos.
Também gosto de ON. Não de tudo claro, ele também tem o direito de errar.
Mas é um exemplo inclusive de vida, cento e alguns anos de idade e ainda trabalhando, bebendo, fumando, e recém-casado.
Os coleguinhas adoram torcer o nariz para ele. Mas é o brasileiro mais respeitado e conhecido pelo mundo, excluídos os jogadores de futebol e pilotos de F1, duas profissões que não primam pelo exercício das capacidades culturais e intelectuais.

Patty Diphusa disse...

Podia ter sido adaptado pro prédio da Folha. Pelo menos seriam pastilhas com arte.

Bjs

peri s.c. disse...

Patty
Bem lembrado.
As pastilhas do prédio da Folha e aquela cobertura pavorosa da nossa Antiga Rodoviária tem a provável assinatura "estética" da mesma pessoa, Carlos Caldeira Filho, que foi dono da Folha e da Rodoviária.

Fiz um post sobre o livro " O Livro Amarelo de Terminal" da Vanessa Barbara, onde ela conta umas interessantes histórias sobre esse senhor, que foi levado à direção do Terminal Rodoviário do Tietê, via injunções político-econômicas malufianas, para "reparar" os prejuízos que teria com a desativação da antiga Rodoviária, que era particular.
Muito educativa leitura, além de ser um ótimo livro.

bjs

Eduardo P.L disse...

Peri,

tudo NORMAL. Ontem aconteceu comigo, e é problema da conecção! Só li seu e-mail agora. Estou em SP.

peri s.c. disse...

Eduardo
Obrigado.
Voltou ao normal, mas foi esquisito, apareciam apenas o cabeçalho e as barras laterais. Postagens, nenhuma. Ficou assim durante 1 hora, voltou quando fiz o teste de mandar republicar essa última postagem.

anna disse...

uia, qui belezura de imagem.

mas diga que parte é essa que tô vendo? parecem micro janelinhas!

peri s.c. disse...

Anna
não são janelinhas não.
São painéis de plaquetas, cerâmicas ou de concreto, pintadas e colocadas na parede externa.

GUGA ALAYON disse...

falsos brises servem pra quê? ahaha
(apesar deste edifício ser batuta!)

peri s.c. disse...

Guga
Derretendo aqui e agora nessa sala face norte, a uns 34º, adoraria que todas as paredes da casa, com janelas e sem, fossem forradas de brises. O-d-e-i-o esse calorzão.

Anônimo disse...

Peri:

A imagem que se nos é mostrada,provoca-nos efusivas e editimas em nosso imagético intelectual inconsciente,ou em outras palavras,nos afasta dos eivados costumes provindos de uma educação visual eidética invertida,mal dêsses nossos tempos pseudo-intelectuais.Niemeyer+Bulcão se nos antecipam à obra de Calder,porém sem o movimento.
A imagem da obra também nos mostra indubitavelmente uma alusão a um gazel Persa,assim como se fosse uma mesóclise visual,porém com um moderador de equilíbrio entre os valôres propostos,sem nuances em valor cinza.Esta análise pode parecer aos intelectuais blogueiros ,mofa,mas aos mais sensíveis e interessados é um modus faciendi dentro de um modus operandi numa pasigrafia clara,contra apenas a arrogância de ribaldos eruditos que atacam pascácios indefesos por não entenderem determinadas obras.
Um pascacio indefeso como eu diria:
"êles nus déro um exemplo de como poderia ser um país honéstu,integrado,sem racismo camuflado:tudu prêto no branco".

Abraços

Günther.

peri s.c. disse...

Caro Günther
Profundas : as finas linhas e as finésimas entrelinhas de suas atiladas observações.
Os pascácios indefesos, ah, ah, sorrirão incrédulos, não entenderão as linhas, não desconfiarão das entrelinhas.

Oscar levou Athos às alturas. Um preto no branco aéreo, riscando os céus das Alterosas.

grande abraço

Anônimo disse...

Peri:

Vale um duo em refrão:
Dois comunistas comungaram o que dois capitalistas não captariam para a capital.

Dois irmãos Marx:
Groucho e Karl,
Digo:

Günther.

Anônimo disse...

Faltou citar o caçula Marx,que nasceu naquele casarão junto ao terreno(o mais caro da América Latina)que vai virar praça popular na Av.Paulista.
O Burle.

Abraços

Günther.

Anônimo disse...

Faltou citar o caçula Marx,que nasceu naquele casarão junto ao terreno(o mais caro da América Latina)que vai virar praça popular na Av.Paulista.
O Burle.

Abraços

Günther.

Sibila disse...

Peri,
linda imagem!
o cara é um cobra.
Sinuosidades de cobra-coral.
Seu parceiro não conhecia...
Vc que manja, responde: acho q o uso de pastilhas vêm pelo menos da década de 40 (do XX, claro), continuou forte nas seguintes, até 70, é isso? 80 e 90 foram deixadas um pouco de lado. Vejo retomarem agora, em alguns prédios residenciais, faz sentido?
Bjs.

Adelino disse...

Peri, tenho ligeira impressão que daqui a mais uns anos a coisa vai embolar de vez. Vai dar um nó. Ninguém conseguirá mais se conectar a coisa nenhuma... Espero que não aconteça, e nem torço para isso.
Grande abraço.
PS - O Niemeyer é um gênio, mas prefiro a Arquitetura tradional, menos retilínea.

GUGA ALAYON disse...

...e vc ainda está na "serra"...
abç

peri s.c. disse...

günther
Não sei quem escrveu ( Millor?) mas todos deveríamos ter um pouco de Marx : 25% de Karl, 25% de Grouxo, 25% de Harpo e 25% de Chico. Se colocássemos o Roberto na história, seriam 20% de cada um.

abraço

peri s.c. disse...

Sibila
Mais ou menos isso mesmo, faz todo sentido.
O Athos Bulcão, o maior mosaicista brasileiro,teve seus painéis usados em muitas das obras de Niemeyer, em Brasília particularmente.

peri s.c. disse...

Adelino
A internet sempre por um fio, mesmo quando via satélite.
Menos retilínea ou menosa curvilínea ?
abraço

peri s.c. disse...

guaga
as temperaturas máximas da cidade nestes últimos dias foram registradas exatamente no Mirante de Santana, aqui pertinho.
A ZN em plena ebulição.

expressodalinha disse...

Bem esgalhado!

peri s.c. disse...

Jorge
Muito mais do que parece.

jugioli disse...

Uma beleza!!!!!

peri s.c. disse...

Ju
é lindíssimo, mesmo.