#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

9.2.09

Brasileiros e brasileiras


É muito estranha nossa eterna epopéia*, sempre sem rumo e em direção contrária ao graal da modernidade .





* Um poema épico, ou Epopeia é um poema heróico narrativo extenso, uma coleção de feitos, de fatos históricos, de um ou de vários indivíduos, reais, lendários ou mitológicos.

A Epopeia eterniza lendas seculares e tradições ancestrais, preservadas ao longo dos tempos pela tradição oral ou escrita. Os primeiros grandes modelos ocidentais de epopéia são os poemas homéricos a Ilíada e a Odisseia, os quais têm a sua origem nas lendas sobre a guerra de Tróia.

A Epopeia pertence ao género épico, mas embora tenha fundamentos históricos, não representa os acontecimentos com fidelidade, geralmente reveste os acontecimentos relatados com conceitos morais e atos exemplares que funcionam como modelos de comportamento. ( da Wikipédia )

28 comentários:

anna disse...

eu temo o temer!

Anônimo disse...

Peri:
Nêste País êles ex-comungam juntos.

Günther.

Silvares disse...

"Esta terra ainda vai cumprir seu ideal, ainda vai tornar-se um imenso Portugal"

Quando ouvi estes versos pela 1ª vez era demasiado jovem para compreender. Agora acho que já compreendo mas sou, talvez, demasiado pouco jovem para contribuir.

:-)

peri s.c. disse...

Anna
Os bihos-papões que assombram nossa vida adulta são muito piores que os banais bichos-papões que nos assombravam quando criancinhas.

peri s.c. disse...

Günther

São mais radicais que sacerdotes. Nunca abandonam seus paramentos, nunca saem do altar do poder .
O dízimo que lhes oferecemos compulsoriamente passou de 10% faz muito tempo, já está quase em 40%.
E os excomungados somos nós.

peri s.c. disse...

Silvares
Por enquanto só conseguimos, alterando a rima do Chico, nos tornar um imenso lamaçal.

Eduardo P.L disse...

Peri,

o que me incomoda é que por maior que seja a fantasia, a imaginação ficcional, não se consegue igualar a triste e absurda realidade dos fatos! Constróem-se castelos, com dinheiro de "segurança", se dá asilo político, para bandido comum, e tem um torneiro mecânico há sete anos na Presidência do país com níveis de 84% de aprovação! Dá para imaginar alguma coisa parecida?

peri s.c. disse...

Eduardo
Seria cômico se não fosse trágico.

Não me incomoda a origem presidencial num torno-mecânico ( paragens que aliás ele frequentou por muito pouco tempo, 2 anos e meio apenas). Aliás acho que insistir nessa tecla é desviar o caminho da discussão porque é tomada como preconceituosa.
O que me incomoda é que o partido e seu lider, que por tanto tempo pregaram que seriam aqueles que mudariam o pais, revelaram-se exatamente iguais, ou piores, que aqueles que eram alvo de suas críticas. Acostumaram-se rapidinho com as benesses e as mutetragens do "puder".
Esse cartun é precioso ( achei lá no Drops ). Simboliza, como já escrevi faz muito tempo, que hoje o PT e o sr. Lula comem na mãozinha do PMDB.

E quanto à "aprovação popular", ah, ah, fazer o que, Médici, no auge da ditadura, tinha 80% de aprovação. Meus sais, por favor.

Anônimo disse...

Peri e Eduardo.
No tempo de Médici,o Chefe da Casa
Civil era militar.
Bolivia e Paraguai têm Ministros da Marinha.(Por que não?).
Nós temos Ministro da Justiça.
Nosso atual líder no Senado é o Batatinha do Manda-Chuva.PMDB(PodeManDáBrasa!)Quem não deve não Têmer?Os filmes mais vistos (recordes),são,Xuxa,Trapalhões,Se eu fôsse você,etc.
As lideranças saem das massas; tudo acaba em pizza.
O País do Futebol deveria ser também o País do Vale-Tudo.
...Como era verde o meu vale...
Abraços
Günther.

GUGA ALAYON disse...

Por favor, Peri...
Comparar pesquisas dos anos 70 e com milagre econômico com atuais?
Tá bom.

Sibila disse...

Peri,
vejo, entre os governantes mundiais, poucos que poderiam corresponder a uma imagem mais satisfatória de liderança. Günter, muita gente educada nas melhores escolas e faculdades, povo de "1o. mundo", acham bacana Sarkozis e Berlusconis.
Peri, a imagem é, na definição q trouxe, realmente epopéica, pelo q de grandiosa deturpação. Lula foi eleito democraticamente, não é rei, nem ditador. Nem o grande herói. Tem lá seus méritos.
Compor com o PMDB, é, infelizmente praxe em nossa democracia, ainda muuuito longe do ideal.
Não sei se melhoraria muito o cartum, mas seria mais certeiro, se nele tivesse incluído o firmíssimo em suas convicções republicanas - com que figurino entraria? - PSDB.
Mas estou com vc qto a certo desolamento. Beijos.

Anônimo disse...

Sibila:
Não é uma questão de educação.è uma questão de reflexão,(vide o escudo de Perseu contra a Medusa:
reflexo,espêlho,...reflexão.
O italiano é machista,e o exagêro galopante do machismo levou ao fascismo,onde se fizeram prevalecer os conceitos de nação e raça sobre os valores individuais.Berlusconi foi eleito pela massa.É dono da RAI.
O alemão é rigoroso,metódico,disciplinado,etc.
e o exagêro galopante dessas características levou ao nazismo que foi uma doutrina aclamada pelas massas histéricas.
No Brasil,a massa heterogênea(natureza desigual)
comunga entre sí,buscando sobrevida na Lei de Gerson.
As lideranças saem das massas.
É reflexo.

Peri e Sibila
Abraços

Günther.

Eduardo P.L disse...

Peri,

O PIOR é que ainda tem gente que para JUSTIFICAR essas BARBARIDADES, alega a forma como foi eleito o Lula, como se isso lhe tivesse dado alvara para ABSURDOS. E para defende-lo usam os argumentos de que não é ditador nem monarca. Não, isso ele não é, mas a é um eloquente DEMAGOGO e POPULISTA BARATO, cópia do POPULISMO DE VARGAS, a quem sempre se compara. Fomentou o CLIENTELISMO com o PMDB, ( o de sempre!)e esta construindo uma ponte com sua Chefe da Casa Civil, para retornar em 2014. Pegou gosto. E que: "tem lá seus méritos ", ninguém disse o contrário.
Mas radicalizar entre Lula X PSDB a discução, é impobrece-la, e minimiza-la radicalmente! Os males do Brasil se remontam a muitas gerações, e o que se lamenta, neste post, é que tudo continua na mesma... e não se encherga um futuro nem distante, tão pouco diferente! Pelo menos com esses atores!

Sibila disse...

É mesmo Günter, é uma questão de reflexão. E o Peri é adepto da máxima: Think, man, think.
Lembrei de um estudo muito bom na área de história que, grosso modo, diz que a Abolição teve como principal(is) ator(es), não a modernidade do capitalismo ou a pressão inglesa, ou os líderes abolicionistas mais conhecidos, como Nabuco. Mas veio (ou aí tomou mais força) da pressão de movimentos de escravos - insubordinações, org. de fugas em massa etc. Penetrou uma classe média e elites bem-pensantes.
Existem movimentos assim no Brasil. UFA!
Beijos. (Vou ver o 2o. tempo do jogo).

Sibila disse...

Voltar é preciso: e se boa for a ação/reflexão (há controvérsias sempre, que bom, se não não tinha reflexão), não importa se saída de "elites", 'massas", importa que ocorra.
Mas se for má...ihhhhh. Brincadeira, nesse caso, já disse que acho isso, a reflexão não tomaria lugar.
Beijos.

Sssssibila.

peri s.c. disse...

Günther
O eterno vale-tudo dos "impolutos" detentores dos capitais e por tabela de seus fiéis asseclas, os políticos ( que por sua vez não são mais do que o nosso fiel retrato ) é a imutável ordem do dia.
Nunca se construirão civilizações do lado de baixo do Equador, pelo menos nos entornos do meridiano de Tordesilhas.

peri s.c. disse...

Guga
As pesquisas sempre são misteriosas, sejam nas ditaduras sejam nas democracias.
Milagre econômico ? Estamos saindo de mais um, aliás uma bolha que suponho muitíssimo maior que a dos anos 70. E mais uma vez perdemos o bonde da história, continuamos com os mesmos problemas estrutrais. Nossa economia está " protegida" ? Marolinha ? Então tá.

jugioli disse...

Oh meu Deus!!! Um conto cruel, muito cruel. E, o pior é que temos que contar as crianças assim mesmo.

JU

peri s.c. disse...

Sibila
Não gosto de "lideranças".
E menos ainda de grandes lideranças, que tendem, historicamente, a se perpetuar no poder como ditaduras,via golpes de estado ou via "arranjos" institucionais.
Já vimos ( e vemos ) esse filme incontáveis vezes em nossa américa latrina e também nos ditos países europeus civilizados. E nos asiáticos e africanos e talvez até entre os esquimós, ser humano é igual em qualquer canto.
Fico com uma criação de pulgas atrás da orelha quando ouço essa história de terceiro mandato para o atual presidente, em gestação o ovo da serpente.

peri s.c. disse...

Günther
Nada a acrescentar, ou duvidar, em seu comentário.

peri s.c. disse...

Eduardo
Qualquer ser humano se acostuma rapidinho com o bem-bom, quando a ele tem acesso.
Ainda mais quando esse bom-bom vem acompanhado do exercício do poder.
Isso afeta até os de origem humilde e combativa, que tudo farão para manter o status-quo .

Como sempre, uma frase de Millor, nosso grande filósofo : " O poder corrompe. E o poder absoluto corrompe muito melhor " ( de memória, acho que é isso )

peri s.c. disse...

Sibila
Mesmo que a abolição tenha vindo do andar de baixo, o andar de cima achou a solução rapidinho, importando mão de obra baratíssima dos bolsões de miséria dos ditos países civilizados.
Desse mix escravocrata negro, branco e amarelo é que surgiu nossa cultura e nosso contexto social patropi.

peri s.c. disse...

Ju
Essa é a pior parte, como não deseducar as crianças.

GUGA ALAYON disse...

Peri, perto do resto ainda é uma marolinha sim. Assim que começam os tsunamis aliás. ahaha
abç

Marcio Gaspar disse...

sibila é DEZ!!!

peri s.c. disse...

Guga
A Associação dos Surfistas é que não gostou muito desse papo de marolinha.

peri s.c. disse...

Marcio
todos vocês são DEZ.

( votem em mim, eh, eh)

Sibila disse...

Só vi o comentário do Neil agora.
Eu, dez? há controvérsias... Mas valeu, Neil!
E elevado é o nível dos conteúdos aqui expostos, graças em primeiro lugar ao dono da casa. Valeu Peri.
Beijos.