#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

15.12.08

Coreto Musical / Tertúlia Virtual

O tema da Tertúlia deste mês, Brasil, é mais espinhoso que um bando de mandacarus da caatinga. Mais caudaloso que as águas amazônicas. Mais misterioso que as entranhas do Pantanal. Mais bagunçado que o trânsito carioca ou que a Rua 25 de Março nas vésperas do Natal.
Fico com um retrato musical dessa complexidade. " Linha de passe" , de dois autores, João Bosco e Aldir Blanc, finos retratistas de nossos mundos e submundos, de nossas maluquices, de nossos sonhos. Nessa música tiveram a ajuda do Paulo Emílio.
João Bosco canta e toca, acompanhado por Hamilton de Holanda.
Uma maravilha.



Toca de tatu, lingüiça e paio e boi zebu
Rabada com angu, rabo-de-saia
Naco de peru, lombo de porco com tutu
E bolo de fubá, barriga d'água
Há um diz que tem e no balaio tem também
Um som bordão bordando o som, dedão, violação
Diz um diz que viu e no balaio viu também
Um pega lá no toma-lá-dá-cá, do samba

Um caldo de feijão, um vatapá, e coração
Boca de siri, um namorado e um mexilhão
Água de benzê, linha de passe e chimarrão
Babaluaê, rabo de arraia e confusão...
...

Eh, yeah, yeah . . .
(Valeu, valeu, Dirceu do seu gado deu...)

Cana e cafuné, fandango e cassulê
Sereno e pé no chão, bala, candomblé
E o meu café, cadê? Não tem, vai pão com pão

Já era Tirolesa, o Garrincha, a Galeria
A Mayrink Veiga, o Vai-da-Valsa, e hoje em dia
Rola a bola, é sola, esfola, cola, é pau a pau
E lá vem Portela que nem Marquês de Pombal
Mal, isso assim vai mal, mas viva o carnaval
Lights e sarongs, bondes, louras, King-Kongs
Meu pirão primeiro é muita marmelada
Puxa saco, cata-resto, pato, jogo-de-cabresto
E a pedalada
Quebra outro nariz, na cara do juiz
Aí, e há quem faça uma cachorrada
E fique na banheira, ou jogue pra torcida
Feliz da vida

Toca de tatu, lingüiça e paio e boi zebu
Rabada com angu, rabo-de-saia
Naco de peru, lombo de porco com tutu

E bolo de fubá, barriga d'água
Há um diz que tem e no balaio tem também
Um som bordão bordando o som, dedão, violação
Diz um diz que viu e no balaio viu também
Um pega lá no toma-lá-dá-cá do samba

36 comentários:

Jorge C. Reis disse...

Eu disse na minha postagem que iria hoje aprender muito sobre o Brasil. Isto é um exemplo.
Esse bandolim "mexe e remexe".
Um abraço
Jorge

Eduardo P.L disse...

Peri,

uma quase unanimidade nesta TERTULIA, a música é o ícone da brasilidade!

Adelino disse...

Peri, você é uma figura (com todo o respeito) surpreendente! Sabe misturar como nunca vi, inteligência, cavalheirismo e um bom-humor refinadissimo. Textos maravilhosos, sem complicações. E sempre se superando... Realmente, falar do Brasil é difícil. Aldir e Bosco fizeram o mais difícil: cantaram o Brasil. E você nos presenteou com sua música.
Dez, nota dez para a sua postagem.
Um grande abraço. Feliz semana.

peri s.c. disse...

Jorge
O universo musical é surpreendente e quase inesgotável.
Hamilton um grande bandolinista, João um grande , e sicopado, violonista.
abraço

Georgia disse...

Peri, sensacional a sua escolha. Brasileiríssimo!!!

Abracos

Marcio Gaspar disse...

to sentindo no ar um certo movimento de revalorização do joão bosco - acho que vai rolar isso em 2009. já não era sem tempo: grande violonista, baita compositor, ele merece. pra completar, caetano gravou 'incompatibilidade de gênios' em arranjo genial; vai estar no novo disco do baiano, que sai em março, ao que parece.

peri s.c. disse...

Eduardo
A música é nosso melhor produto.

peri s.c. disse...

Adelino
Muito obrigado, seu comentário alegrou essa triste segunda-feira.

peri s.c. disse...

Georgia
obrigado, João e Aldir tem em suas veias o melhor da nossa brasilidade.

peri s.c. disse...

Marcio
Para mim , João e Aldir são imprescindíveis. Fora o que compõe, poucos artistas conseguem como João Bosco fazer um show sòzinho com seu violão e segurar a platéia do começo ao fim.
Acho que só o outro João consegue isso com o público que sabe admirá-lo.

Serena Flor disse...

Uau..adoro João Bosco! Bela escolha pra este tema tão fascinante!
Estou adorando esta "Tertúlia musical"...ops "virtual"...rsrs
Beijo e ótima semana pra você!

Eduardo P.L disse...

Peri,
depois da mulata!,,,( Sei que este comentário é completamente machista e politicamente incorreto, mas não estamos falando de Brasil????) rsrsrs

peri s.c. disse...

Serena
desta vez está mais para o musical, mesmo.
bj

peri s.c. disse...

Eduardo
Sem dúvida. Viva as mulatas!

ery roberto disse...

Você acertou Peri! São, João e Aldir "finos retratistas" desta intensa brasilidade que nos move a todos. Impossível dizer duas vírgulas sobre o Brasil sem cair na música. Ela é o nosso símbolo mais autêntico. Abraço.

expressodalinha disse...

Fantástico. Uma homenagem imperial à música popular brasileira. Esta precisava mesmo de legendas...E fica tudo dito. Muito bom!

roserouge disse...

Que delícia, a letra e a música! Que dois músicos pra não botar defeito! Parabéns, ó grande Peri! Palmas, adorei!

roserouge disse...

Peri, eu sei que não tem nada a ver, mas o que quer dizer "pinado"? Uma amiga minha que é advogada dos Isteitis (como diz a Alice) precisa saber o que significa, foi um documento que lhe chegou do Brasil e ela tem que traduzir. Hello, alguém sabe?

peri s.c. disse...

Ery
Tanto que essa tertúlia virtual virou musical. Mas fui atrás de algo mais que a Aquarela do Brasil, linda , mas datada.
abraço

peri s.c. disse...

Jorge/RR
A letra coloquei em atenção à vocês, nossos amigos lusos.
É uma letra " cifrada", toda ela de expressões populares da culinária, do prosaico dia-a-dia, do candomblé, do futebol.
Simples, porém sofisticadíssima. João Bosco e Aldir Blanc são, como dizemos aqui, biscoitos finíssimos.
Adorei que vocês adoraram.

sonia a. mascaro disse...

ADOREI! UMA MARAVILHA DE POST MESMO!
Bjs.

peri s.c. disse...

Obrigado, Sonia !

Gaspar de Jesus disse...

Peri
Muito bonita esta sua contribuíção na Postagem BRASIL.
Belo DUO este, e que excelente Ritmo.
Parabéns e onbrigado pelo seu comentário.
Abç
G.J.

peri s.c. disse...

Gaspar
Obrigado pela presença e pelo comentário.
Um momento mágico de nossa música.
Abraço

Só- Poesias e outros itens disse...

Peri, simplesmente sensível e inteligente escolha.
Nada melhor que a música com esta linguagem exuberante do nosso povo.

Adorei.

bjs.

JU Gioli

Patty Diphusa disse...

Bom, muito bom. E cheio de coisa boa.
"Um caldo de feijão, um vatapá, e coração
Boca de siri, um namorado e um mexilhão..."


Bjs

Claire disse...

BRAVO BRAVO Peri
BRAVO BRASIL
é aquele bichinho mesmo ;-)))

googala disse...

Mais um João dos Bãos dos Brasis.
Gênio.

peri s.c. disse...

Ju
Esse é um país musical, temos música nas veias. O que não quer dizer que não se produza por aqui muita porcaria. Mas como nós sabemos separar o bom do ruim, só resta curtir.
bjs

peri s.c. disse...

Patty
essa letra é uma síntese de coisas boas, na feijoada completa ( até com ambulãncia na porta ) que nos caracteriza.
bjs

peri s.c. disse...

Obrigado, Claire, Obrigado !!!!!!!!

peri s.c. disse...

Googala
Está na hora de você entrar nesse pagode que é a Tertúlia. Um ótimo exercicío

Al Kantara disse...

Eh lá que isto é mesmo a sério !!!...

Al Kantara disse...

Eh lá que isto é mesmo a sério !!!...

peri s.c. disse...

Al
Super-sério, mas alegre.

maicher disse...

prada purse
prada uk
prada hand bags
miu miu
miu miu handbags