#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

10.10.08

Diálogos prováveis



Esta semana, nas diretorias das principais bolsas de valores do mundo :




Grande notícia : novo livro do Jaguar nas livrarias! Veja matéria completa lá no blog do Neil. Na verdade o livro é antigo
, lançado anteriormente só na Argentina, mas os finésimos cartuns do Jaguar são atemporais, já que neste mundo nada muda. Por ex. esse cartum aí de cima deve ter uns 15 anos, é só adaptar o título da postagem, para várias situações .

30 comentários:

Unknown disse...

O Jaguar é bom! Entra crise sai crise as piadas são sempre as mesmas!Pobre das vacas!

Anônimo disse...

"tudo que é bom é eterno,
menos a paudurência."

jayme disse...

Jaguar é mestre.

jayme disse...

Aliás, o mestre dele está ali à direita no alto.

Claudio Boczon disse...

é dejaví sobre dejavan

Anônimo disse...

mestre absoluto - do traço, do copo, da vida.

Ricardo Soares disse...

peri... grande jaguar...politicamente incorreto até as tampas...lembras do gastão, o vomitador ??
abs e bom fim de semana

Patty Diphusa disse...

Cow, cow..sempre went to the swamp, como ensina Millôr.

Pior que com o brejo cada vez mais lotado tem fila pra pegar senha no galinheiro. (não vale chiqueiro, tá)

Googala, o menino terrível. rs.

Esse Armazém é tudo, não?

Bjs

Anônimo disse...

Eduardo
Élas chapinham no brejo, quando ele não está lotado.

Anônimo disse...

Guga
Um milk-shake de caracu com ovo de codorna, pimenta dedo-de-moça, guaraná ralado e licor de jurubeba ajuda .
Mas pode provocar uma cuardência.

Anônimo disse...

Jayme
Mestre inigualánvel. O outro também.

Anônimo disse...

Boczon
o
dejavam
dejaviu.

Anônimo disse...

Marcio
Deve ser mestre em otras cositas más, as negas dele que o digam.

Anônimo disse...

Ricardo
difícil escolher " meu tipo preferido" do escrachado cartunistas. Gastão? Bóris o homem-tronco ( lá prá baixo tem um post sobre este. aliás fiz alguns posts com cartuns dele ) ? Dr. Carlinhos Bolkan ? Choppnics ?
abç e idem

Anônimo disse...

Patty
Sempre, Millor não erra.
A senha, não entregam, vendem, com ágio.
Esse Sr. Googala não é fácil ...
Esse Armazém vai tentando.
bjs

Anônimo disse...

paudurecência e cuardência é uma combinação do demo. vixi, tisconjuro!

Anônimo disse...

Marcio
Seria um diálogo possível e algo explosivo, este de uma paudurência com uma cuardência.

valter ferraz disse...

Peri,
acho que vai faltar brejo.
Tá aí, aos empreendedores: vender brejo. (e entregar, tá?)
Abraço forte

Anônimo disse...

Valter
Uma tia tem 3 lotes-brejo aí em Monga, e vive reclamando por causa do IPTU aquático que paga, vou dar a idéia prá ela.

Anônimo disse...

Peri,
O negócio, talvez um mega-condomínio-com-1007-ítens "Monga-boulevard -brejo" - com direito a espaço de meditação e tratamentos terapêuticos incríveis para a pele - possa dar mucha grana; a Cia City não começou em Sampa por ali?
E cuidado que a mão invisível do mercado pode querer vender brejo invisível tb.
Bjs.

Anônimo disse...

Sibila
vou caprichar no projeto, afinal todos nós, mesmo sem investimentos na bolsa ou no exterior, podemos virar clientes compulsórios da bagaça brejeira.

valter ferraz disse...

Peri, fala prá tia parar de reclamar. Duzentas pilas por ano não é nenhum absurdo. E brejo por brejo os nossos são menos poluídos. Acho que vou arrendar o pasto por aqui. Com a quantidade de vacas, logo estarei investindo nas bolsas e faço parte da turma de chorões do próximo crash.
Abraço forte

Unknown disse...

Peri,

cometi a ousadia de fazer uma correção num comentario seu no silvares. Aquela frase não é do FHC e sim do falecido Abreu Sodré, a bem da verdade!
Fui testemunha ocular do fato!rsrsrs
Forte abraço,

Anônimo disse...

Valter
Tia Mariquinha tem 94 anos. Mais ligada que nós dois juntos. Com seu grupo de amigas além de habitué dos Sescs, faz viagens quinzenais. E vão "assuntar" quase todo ano a parada gay. Vive perturbando os sobrinhos para que consigam vender o brejo. Vou falar que tenho um amigo que está pensando em alugar dela para criar gado. E bem capaz de pegar um ônibus e ir aí negociar com você.

Anônimo disse...

Eduardo
Quem sou eu para discutir com uma testemunha viva da história ? ah, ah.
Essa frase maravilhosa, podia jurar que li numa longa matéria sobre ele, na Piauí.Será que ele citou o Abreu Sodré ?
abraço

Ví Leardi disse...

Nada como crise para aguçar a criatividade de chargistas fantásicos como Juaguar..e é verdade parece que são sempre atemporais...sinal de que tudo se repete..ai ai !!
Obrigada pelos comentários de incentivo... adorei.Um ótimo fim de semana para vcs..

Unknown disse...

Peri,

de POLÍTICOS não duvido NADA! hahaha!

Anônimo disse...

Vi
E nós vamos pinçando as repetições do moto-perpétuo da vida.
Teu blog está finésimo.
Bom fim de semana.

Anônimo disse...

Eduardo
Até os deuses ficam pasmos.

Fernando disse...

Pois é, Peri
o Jaguar e nossa economia, são atemporais.
abraços
fernando cals