#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

16.8.08

Armazém Olímpico - 6


1. Momento endocrinológico olímpico

Mimosa e rara dieta onde você pode comer bastante e manter o corpo esbelto. Mas note, são apenas 3 refeições por dia, nada de ficar " beliscando" uns tira-gostos fora de hora, e tem que fazer algum exercício para contrabalançar :

No café da manhã
- 3 sanduiches com ovo frito, queijo, tomate, cebolas fritas e maionese
- 2 boas xícaras de café
- omelete feito com 5 ovos
- 1 tijela de cereal
- 3 fatias de torradas com açucar
- 3 panquecas de chocolate

No almoço
- 1/2 quilo de macarrão
- 2 sanduiches grandes em pão branco com presunto, queijo e maionese
- 1000 calorias de bebida energética

No jantar
- 1/2 quilo de macarrão
- 1 pizza grande
- 1000 calorias de bebida energética

Calculado por nutricionistas é o equivalente a 12.000 calorias, um pouco acima das necessidades de um adulto normal, 2.000 calorias.
Para compensar a ingestão dessa quantidade de alimento, basta nadar 6 dias por semana, 6 horas por dia, uma distância aproximada de 14 km/dia.
O resultado é comprovado, basta olhar uma foto do corpo saradão do Michael Phelps, é ele que pratica essa combinação toda, pelo menos em época de altas competições. E tem ganho uma ou outra prova já em duas Olimpíadas, fora outros torneios menores...

( Cubo d'Água ? Está mais para Sonrisal Encaixotado )

2. Momento medalha de ouro olímpica



Cesar Cielo enfim redime esportivamente este país que vai para frente ( segundo o governo já foi ) ( eu acho que vai para os lados ), e provoca orgasmos ufanísticos na imprensa e nas "otoridades" político-esportivas de plantão, ao ganhar a medalha de ouro na natação.
Pulamos no quadro de medalhas de uma vigorosa 43º posição para a trepidante 23º posição ( oops, já caímos para 27º, muda rápido ) , ultrapassando espetacularmente o Quirguistão, a Colômbia, o Casaquistão, a Tailândia, a Argélia, etc. Estamos à frente da Espanha, uau, e ah, ah, da Argentina! Mas atrás do Zimbabwe, do Azerbaijão, da Romênia, e, como sempre da pequenina Cuba .
Ingrato esse Cielo, treina nos Estados Unidos, perdido numa pequena cidade do Alabama, com um técnico australiano. Porisso não tem direito ao patrocínio oficial via Correios, onde já se viu ir treinar no exterior, fazendo pouco caso do organizado esporte pátrio. Bem feito, sem patrocínio, tem que viver com os U$$ 500,00 da bolsa da Universidade onde estuda e pela qual compete.
Com essa grana toda paga aluguel da casa, dividida com um outro nadador norueguês, e a comida. Limpar, lavar e passar, ele mesmo é que pratica essas atividades atléticas.

Interessante o curso que faz na Universidade : criminalística. Esse curso permitirá que ele venha a prestar exame para o FBI. Ou aqui, para a Polícia Federal. Já imaginaram se ele resolve juntar o que conhece de esporte com o que está aprendendo lá e investigar nossas federações esportivas, Comitê Olímpico, CBF ? Eh, eh, vai dar muita merda.



18 comentários:

valter ferraz disse...

Peri,
é mais ou menos a dieta que eu pratico por aqui.
A diferença é: não estou saradão, não ganhei nenhum ouro, apenas a forma de barril( mas isso é apenas um detalhe, né?)
Abraços olímpicos!

ery roberto disse...

Peri, embora a imagem magistral de vitória com emoção que esse garoto tenha deixado na memória olímpica, é incrível a gente ver a hipocrisia dos cartolas do desporto brasileiro, comemorando como se tudo fosse resultante de uma obra de seriedade e competência das nossas instituições esportivas. Que, aliás, estão podres. Lembra daquele texto sobre a entrevista do Kfouri, né? Eu acho uma tremenda "cara-de-pau".

Independente de tudo, há que se respeitar, admirar, enaltecer, a "raça" do Cielo, até porque dentro daquelas veias corre um sangue verde-amarelo. Parece, não sei, que não há nada azul ali.

Abraço.

peri s.c. disse...

Valter
Mas , você está no pódio olímpico ( e com as 3 medalhas ) da Aninha. Isso é o que importa.

peri s.c. disse...

Ery
Corre nas veias aquele sangue verde-amarelo que todos nós temos e que borbulha de raiva.
Sua vitória é resultado unicamente do esforço dele e de sua família de classe média. Filho de um médico e de uma pós-graduada em Educação Física, seus pais tiveram que refinanciar um carro para poderem ir à China, essa é a nossa " classe-média". Lá, duas horas antes da prova final do filho, não tinham ingresso para assistir a prova, tiveram que comprar de cambistas. Nem esses míseros ingressos a Confederação Brasileira de Natação ( não sei se ainda é esse o nome ) providenciou.
Mas o Cielo tem uma situação muito melhor que a do Eduardo Santos, aquele judoca negro que não chegou às finais e chorou muito porque estava envergonhado pela derrota e dizia não saber como encarar a família e os amigos que o apoiaram. O Eduardo é de família humilde, até dezembro era faixa-marrom. Um talento em meteórica ascensão ? Não ! Ele não tinha dinheiro para a inscrição para o exame de faixa-preta .....
São as edificantes histórias do esporte nacional.
No próximo post mais uma cabeludíssima, do atletismo. Aguarde.

claudio boczon disse...

de minha parte, a participação olímpica vai seguindo o memorando:

"cagando e andando"

e en raia olímpica que tem jacaré, nada a declarar.

roserouge disse...

Esta última fotografia faz-me lembrar uma daquelas cenas dos livros do Astérix em que ele e o Obélix depois de beberem a poção mágica começam a dar tabefes nos romanos e a mandá-los pelo ar...só se vêm é pernas a voar!

peri s.c. disse...

Boczon
E quem te patrocína ? Papel Higiênico Tico-Tico ?

peri s. c. disse...

Roserouge
Grandes cenas as dos romanos voando como pipocas.

claudio boczon disse...

minha técnica dispensa a derrubada de árvores para a limpeza das partes posteriores que dificilmente vêem o sol.

peri s.c. disse...

Boczon
Merece um post esta sua técnica ecológica que preserva as matas .

roserouge disse...

Eu acho é que o Phelps come muitos ovos, não acham?

anna disse...

cielo, um chorão e futuramente, quem sabe profeta peri's, um justiceiro.
só na cbf, investigando de soslaio, acho que faria um strike.

peri s.c. disse...

Roserouge
Talvez os ovos sejam o segredo. Ele armazena os gases vindos da digestão destes ovalóides alimentos, e depois os solta dentro da piscina, num efeito motor-de-popa, ainda não listado como dopping gasoso. ( mas facilmente detectável, à beira da piscina )

roserouge disse...

ahahahahahahahaha!!!!! isso e as toneladas de hidratos de carbono!

Já agora, uma curiosidade: sabiam que aqueles fatos que eles usam são fabricados em Portugal, por uma empresa do Norte? E que ele até já agradeceu ao fabricante por isso mesmo? Ah, pois...

peri s.c. disse...

Anna
Se ele insinuar que quer virar um justiceiro, é capaz dos mafiosos do esporte arrumarem para ele um daqueles maiôs que estão usando, feito de 20 camadas de chumbo e recheado com curare ou estricnina, para ele se afogar em grande estilo numa final olímpica.

peri s.c. disse...

Roserouge
A globalização da confecção de trajes de esportes de alto desempenho.
Até agora não conseguiram medir em quantos micronésimos de segundo os atletas ganham nas provas usando-as.
E são perigosas : tão justas ao corpo que um dos nadadores brasileiros quebrou um dedo ao tentar colocá-la.

Eduardo P L disse...

Gerente:
esta faltando produto novo neste Armazém!

rsrsrs!

peri s.c. disse...

Distinta freguesia,
o caminhão está chegando com novos produtos.