#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

5.9.07

Mais Papa-Fila

Os publicitários, otimistas incorrigíveis e sempre com afirmações definitivas, desde estas épocas jurássicas, proclamavam a aprovação irrestrita do povão ao papa-fila :


Mas, os emergentes da época passavam longe deste monstrengo ambulante, em seus carros importados ou na espetacular e até hoje inusitada " Romiseta "

14 comentários:

anna disse...

a romiseta fazia barulho de inseto.e quando abria as portas parecia mesmo um.

peri s.c. disse...

Anna
Um inseto rastejante.

Lord Broken Pottery disse...

Peri,
Você acreditaria se eu revelasse que já dirigi uma romiseta? Pois é, tá revelado. Era um maior barato.
Abração

peri s.c. disse...

Lord,
Acredito.
Pouquíssimos tiveram essa honra.
Eu já andei, no banco do passageiro, numa Ferrari, num Porsche e numa ... Romiseta, também.
A Romiseta era de um tio, que também tinha um moderníssimo, na época, Skoda.

Eduardo P.L. disse...

Peri, estamos na fase de nostalgia? O Adelino que não te veja!

valter ferraz disse...

Peri, por um momento pensei que tivesse clicado no blog do Adelino, como bem lembrou o Eduardo.
Isso sim, é nostalgia. Resgatar a romi-isetta?
Na rua onde eu morava, tinha um italiano todo metido que saía na sua, todo dia demanhã e ele ainda tinha uma Lambretta, daquelas legítimas do começo do século. Metidão, ele.
Abraço

peri s.c. disse...

Eduardo e Valter
Circulo bem por todas as tribos.
E adoro carro velho, teria uma coleção destas preciosidades : uma Romiseta, um Ford 37 ( o primeiro carro da família ), um Mini Cooper, um Mustang, uma Alfa Spyder, e , glória, um Karmamm-Guia. Modesta, mas significativa.
abraços

peri s.c. disse...

Oops, correção : Alfa GTV

Eduardo P.L. disse...

Peri, taí uma coisa que eu passo...nenhum interesse por carro, nem velho, nem novo. Automovel para mim é instrumento de transporte e ponto.

peri s.c. disse...

Eduardo
Vrumm, vrumm, os carros da claudicante frota scoppiana são tratados à pão e água ( e combustível e óleo ), como instrumentos de transporte, o que não nos impede de esticar o olho para os velhinhos classudos assinalados aí em cima, que se portariam bem no MFPSC (Museu da Fundação P.S.C.)

GUGA ALAYON disse...

sempre quis um Interlagos. Achava o máximo

peri s.c. disse...

Guga
Conheço um cara que está com uma berlineta para ser reestaurada. É cada vez mais caro, porque estão exportando para a França os restos mortais dos Interlagos, para restaurar os de lá.

anamoraes disse...

Papi tinha uma romiseta - dizia que para subir a Augusta, quando ia jogar volley, tinha de ir de ré..ah, Papi pelo jeito era um emergente!!!!

peri s.c. disse...

Ana
Há emergentes e emergentes. Um emergente subindo a Augusta de ré numa romiseta, não era um emergente qualquer.