#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

10.6.07

Mas , nisso Adolpho pensou :

"Neoclássico", óbvio, paulistanos ricos, pretendentes a ricos, emergentes de quaisquer categorias e sobreviventes da classe média acham "chique" estes prédios de "estilo" . Área útil 1.223 m2. 6 mimosas suítes completíssimas. Na garagem, 12 vagas para os apartamentos comuns ( comuns...? ), para a privilegiada cobertura são 14. E todas aquelas outras características fundamentais para o bem-viver de pessoas de finíssimo-trato, seja lá o que signifique finíssimo-trato. Conforme diz o material promocional, não é o maior apartamento do mercado, mas tem : " um banho senhor e senhora que, sozinho, é maior que a maioria dos apartamentos existentes na cidade ". O preço vou pesquisar, mas estou mais curioso é com dois detalhes : Um, o valor do condomínio mensal . Dois, como seria a assembléia dos condôminos ? Todos representados por circunspectos advogados dos melhores escritórios da cidade, para um elegante barraco ?

Mas nem tudo são flores. É lá no Morumbi. Portanto se seus moradores tiverem um eventual compromisso entre 7 e 9 da manhã do outro lado do Pinheiros, vão ter que mofar naquele trânsito matinal estático misturados com aquela gentalha
horrorosa que insiste em sair de casa para trabalhar. A ficha técnica do edifício não informa sobre a existência de um heliporto ou túnel exclusivo ligando Morumbi à Paulista. Adolpho não pensou em tudo.

25 comentários:

franka disse...

peri, eles saem para "trabalhar" depois do trânsito...

peri s.c. disse...

Franka, quem serão eles ?

Eduardo P.L. disse...

O Adolpho continua não pensando em tudo!!!Lastimavel.

marcio gaspar disse...

opa, legal! vou convocar os mano pra ir lá zoar o barraco!!

valter ferraz disse...

Peri, andei meio sumidão daqui e vejo que os posts bombaram, muito bom.
Quanto às kitnetes aí do Adolpho, acho que a Franka está certa. Eles saem depois do trânsito. Ficam na web enquanto o imbroglio não se desata. Logo tudo se resolve, pois vem o pedágio na Marginal. Não há meio de seleção melhor que as cédulas monetárias.
Quanto ao price, deve beirar a casa do milhão, milhão e meio. Aqueles do Panamby ficaram nessa faixa se não estou enganado. Mixaria. Vai entrar na lista de espera?
Abração

peri s.c. disse...

Eduardo
Sle anda meio mal assessorado.

Marcio
Sem chance, deixa a moçada sossegada no ensaio da Gaviões, que também fica na marginal, também sem número.
O prédio está numa rua sem saída, não vão deixar montar um boteco, e a segurança, da pesada, provavelmente será feita por ex-agentes daquele serviço secreto daquele pequeno país do oriente financiado pelos states.

Valter
Os enroscos são as pontes sobre a marginal ou o túnel sob ela.
Quanto ao preço, meu expert na área ainda não se manifestou, mas acho que seu chute passou longe das traves. Podemos pensar em algo, para começar, acima de 5 milhões de "reáu". Eu chutaria agora, uns 10. Aguarde a confirmação.
Não, não vou entrar na fila de espera, não gosto de ostentações, faço o gênero low-profile.

anna disse...

peri's, posso imaginar os proprietários desse mimos. pessoas como as ilibadas juízas citadas nas operações de desmanche da p.f., patriotas que juram não possuir grama fora do país, homens de bem, concientes da importância da educação que criam escolas franqueadas a cada esquina, assim como jovens senhoras que se apaixonam desesperadamente por octagenários entupidos de grana, plásticas e viagras.
seu adolpho pensou sim nelas, pois quem dessas tem hora marcada prá pegá ou largá o trampo?

peri s.c. disse...

Anna, antigamente se recomendava que nunca se perguntasse a ninguém como ganhou seu primeiro milhão.Hoje é melhor não perguntar como ganhou seus primeiros 10 milhões.

Eles não devem mesmo trabalhar, vivem de rendas.
Exploram as rendeiras de bilros lá dos nordestes...

peri s.c. disse...

Valter, em edição extraordinária informamos : nossa estimativa confirmada, preço deve estar na faixa de 4/5 milhões de U$$ dolares.

Eduardo P.L. disse...

Peri, vamos comprar a cobertura! O preço esta convidativo. Comprar no lançamento e revende-lo quando estiver com as chaves na mão! Dará um lucro "low-profile"....

peri s.c. disse...

Eduardo, acho que chegaríamos tarde, parece que este prédio foi lançado em 2004.Vamos ficar atentos aos próximos lançamentos.

GUGA ALAYON disse...

trabalhar? Vc acha que alguém q compre um destes trabalha?

peri s.c. disse...

Guga, eu não escrevi que eles trabalham, escrevi "algum compromisso", sem insinuar as maldades possíveis destes compromissos.

Lord Broken Pottery disse...

Peri,
Já morei para aqueles lados. Já ouviu falar no Jardim Peri-Peri? Pois é, duas pela manhã e mais duas à noite, no trânsito. Esses caras que vão morar lá não precisam passar a ponte da Eusébio Matoso, Cidade Jardim, USP, Jaguaré, qualquer uma delas. Devem ser médicos do Einstein. Belo texto. E por falar em texto, tem modesta homenagem pra você no Lord.
Abração

peri s.c. disse...

Lord
Já ouvi falar, mais imponente que seu semelhante que fica aqui na ZN, o Jardim Peri (uma vez só, se bem que este tem um desdobramento, o Peri-Alto, mais boca-quente ).
Ah, ah, meu irmão precisava atravessar a ponte e sofreu por 3 anos até a sobrinha terminar o colégio. Logo em seguida bateu sua bela plumagem em direção aos Jardins.
Quanto aos pomodori,já vi, obrigado pela deferência.

Albini disse...

Muito legal seu blog, da vontade de roubar algumas imagens.

peri s.c. disse...

Obrigado, Albini, acabei de olhar o seu, via o Varal, muito bonito seu trabalho.Vou virar freguês.Quanto ás imagens, à vontade.
Abraço

Van disse...

Oi, querido...
Cheguei aqui através do Lord.

Só a descrição do blog já merecia ganhar prêmios. Mas como se não bastasse tem todo o resto que não fica atrás. Delícia de blog, Peri.

Pode embrulhar! Fico com tudo!

Beijos

peri s.c. disse...

Van, obrigado.
O Lord é muito generoso, quem escreve bem prá dedéu é ele.
De qualquer forma, saíndo em nosso setor de empacotamento embrulho prá presente, no capricho.
bjs

franka disse...

as vezes "eles" são os pagodeiros. sabia que os corretores desses mega apartamentos, quando falam com um interessado, perguntam se o cara é pagodeiro? hahahaha imagina o que é morar em cima de um deles.

Eduardo P.L. disse...

Peri,

o Desenhador do Quotidiano já era meu conhecido, e a Janela vai para o varal. É muito bom. E lá tem uma série de links ótimos!
Obrigado pela dica.

Abraços

peri s.c. disse...

Franka
Essa eu não sabia.
Será que o prédio inteiro entra no pagode do vizinho?

Eduardo
Muito bons os caras, dá coceira.Se bem que eles podem sentar calmamente na frente da Torre de Belém e ficar desenhando a tarde inteira. experimenta sentar lá na Praça da Sé.

valter ferraz disse...

Peri, caraca! muita grana mesmo. Só pro pessoal do topo da pirâmide!
Grato pela pesquisa/avaliação. Eu estava por fora mesmo.
Abração

peri s.c. disse...

Valter, para o pessoal que está sendo empalado lá na pontinha da pontinha da pirâmide.
Pesquisa? Foi um belo chute comparando com um outro ridiculamente menor, de 730m2, que meu associado aqui supervisionou os projetos e está por dentro dos preços. Neste ainda tem alguns à venda, por apenas 1,5 a 2 U$$ milhões. Interessa? Na Haddock Lobo, perto da Estados Unidos.
Quanto a esse do Adolpho, um outro colega comentou que já estaria batendo em U$$ 10 milhões. Com tantos chutes não consigo fazer direito minhas previsões de aplicações financeiras.Saco.

W GRAFIA disse...

Eles não saem para trabalhar, tem quem trabalhe por eles.
O morumbi é logo ali, é só atravessar os marginais, "ops, a marginal".
E imagina quantas vaginais eles podem atravessar, hahahaha...