#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

16.3.12

O país da piada pronta .

.

Escolhido o símbolo da Copa do Mundo que acontecerá(?) aqui no Patropi.

Será o tatu .

Que é o mesmo símbolo do rótulo de um dos maiores e históricos ícones da cachaça nacional .



A escolha acontece exatamente na mesma época em que as " otoridades" federais, para usar linguagem futebolística, " batem-cabeça " tentando resolver o "imbroglio" para derrubar a lei que impede a venda de bebidas alcoólicas nos estádios, umas das exigências fundamentais do monstruoso acordo assinado pelo governo anterior com a FIFA .

Quando o " símbolo" entar no gramado até os pilares dos estádios cantarão em uníssono o inesquecível jingle da caninha :

" Ai tatu, tatuzinho, me abre a garrafa e me dá um pouquinho ".

E viva a Lei Seca .... ah, ah, ah


Da Wiki : Cachaça, pinga, cana ou canha (no Rio Grande do Sul) é o nome dado à aguardente de cana, uma bebida alcoólica tipicamente brasileira. Seu nome pode ter sido originado da velha língua ibérica – cachaza – significando vinho de borra, um vinho inferior bebido em Portugal e Espanha, ou ainda, de "cachaço", o porco, e seu feminino "cachaça", a porca. Isso porque a carne dos porcos selvagens, encontrados nas matas do Nordeste – os chamados caititus – era muito dura e a cachaça era usada para amolecê-la.

Na produção colonial de açúcar, cachaça era o nome dado à primeira espuma que subia à superfície do caldo de cana que estava sendo fervido. Ela era fornecida aos animais ou descartada. A segunda espuma era consumida pelos escravos, principalmente depois que fermentasse e também passou a ser chamada cachaça. Posteriormente, com a destilação da espuma e do melaço fermentados e a produção de aguardente de baixa qualidade, esta passou a ser também denominada de cachaça e era fornecida a escravos ou adquirida por pessoas de baixa renda.

É usada como coquetel, na mundialmente conhecida "caipirinha".

É obtida com a destilação do caldo de cana de cana-de-açúcar fermentado. A fermentação do melaço, também utilizada, também dá origem ao rum.

A cana-de-açúcar, elemento básico para a obtenção, através da fermentação, de vários tipos de álcool, entre eles o etílico. É uma planta pertencente à família das gramíneas (Saccharum officinarum) originária da Ásia, onde teve registrado seu cultivo desde os tempos mais remotos da história.


.

2 comentários:

expressodalinha disse...

Team capirinha :))

peri s.c. disse...

Jorge
Esse é animado .