#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

10.2.11

Um giro muito giro - 20



Aveiro,
tida como a Veneza portuguesa



Como em Veneza, os canais dão um toque especial à cidade .
Canais estão mais próximos da escala humana que os rios.


Mas aqui a gôndola tem motor e não ouvi nenhum " O Sole Mio"





Além de barcos, carros . E belas perspectivas viárias

E ruazinhas amigáveis para os pedestres .




As fachadas azulejadas unem o útil ao agradável : impermeabilizam e enfeitam


E os azulejos resistem aos séculos


É ótimo encontrar artes nas ruas e praças.


e bom design de mobiliário urbano também


O psicoterapeuta da plaquinha, o Dr. Marco,
está lá para explicar ou para confundir ?

Qual é a sua porta ?
Entro pela direita ou pela esquerda ?


Me agradam pracinhas e igrejinhas brancas


Dentro essa igreja é muito luminosa pela cor branca e a intensa
luz natural que vem de cima
realçando a bela ornamentação interna .
Uma alternativa aos templos escuros e austeros .
Pecadores, aqui se sentem mais leves.
Pecadões viram pecadinhos .


Fazer o que ? Tem cemitério .
E bem no centro da cidade . E cheio de capelinhas .



E tem o diálogo entre o antigo e o moderno .

Muito boa a solução de fachada desse prédio,
as venezianas ( brises ) de correr,
estão sempre mudando o desenho que se mostra a quem passa




Uma surpresa : o Shopping Center .
Aí na foto este edifício que se estende à direita do canal
.
De um tamanho e com uma altura coerente com a cidade,
voltado aos pedestres, nem percebi se tem estacionamento .
É o melhor que já vi .


E por dentro, o grande diferencial :

É uma rua à céu aberto.
Ao contrário do padrão americano de
trancafiar as pessoas
num caixote enorme e sem graça .
Choveu ? Deixa chover !
Ótima solução .


Com acessos muito convidativos


Elevadores ? Também externos .



Nas áreas externas ótimas soluções de implantação,
valorizando a integração com a cidade .




Dá vontade de ficar zanzando por ele


13 comentários:

Eduardo P.L disse...

PUXA!!!
Deu tempo para fazer qualquer outra coisa a não ser FOTOGRAFAR ???? srsr Muito boa reportagem!

peri s.c. disse...

Edu
Ô se deu, ah, ah .
( você está vendo só 1/3 da fotos )
Obrigado, uma delícia fazer estes posts, estou re-viajando e descobrindo um monte de coisas que devia ter fotografado .

abraço

valter ferraz disse...

Peri,
se estivesse na região essa fachada de azulejos não teria me escapado, com certeza.

peri s.c. disse...

Valter
Levaria para casa ?

valter ferraz disse...

Sim, na digital. Como fiz na cidade do Porto. Não deixei escapar uma fachada, uma parede, nada. E ainda ganhei uma miniatura de azulejo do amigo Duarte que me recepcionou por lá.

Anônimo disse...

Peri,
contrariando meus hábitos, venho ao computador de manhã e, claro, não me arrependo. Ótimo jeito de inicia o dia!
Beijo
Vivina

peri s.c. disse...

Valter
Os índios estavam certos : quando você fotografa " rouba a alma" dos lugares visitados.
E depois, na frente do computador tenta interpretá-los .
Uma delícia .

peri s.c. disse...

Vivina
Que bom !
Pode não parecer : dá um trabalhão fazer estes posts
É um desafio e um exercício muito instrutivo de concisão na escolha das fotos e dos textos.
Prazer pessoal plenamente ampliado e recompensado pelos comentários que vocês tem feito, grato .

beijo

GUGA ALAYON disse...

a dúvida sobre as portas do Dr marco é uma dúvida unicamente brasuca, ó pá.
É obvio que as duas portas são do consultório. A da direita para entrar e a esquerda para sair, pombas!
Já na Inglaterra as coisas mudam...

gugala disse...

www.googala.opsblog.org

peri s.c. disse...

Guga
E óbvio, pá , tudo que vai volta.
E na Inglaterra , ao contrário, tudo que volta, depois vai.

Li disse...

Aveiro parece ser uma pérola!
Adorei as imagens com as respectivas descrições.
Fica um gosto de querer conhecer...
Ótima reportagem Peri!

peri s.c. disse...

Li, gostamos muito de Aveiro .
Mas muito pouco tempo para conhecer bem as cidades.
E ... obrigado