#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

10.1.11

Um giro muito giro* - 1

Sempre presente o intrépido navegante português.

Antes chegavam
aqui nas suas naus,



hoje chegamos aqui em suas asas .
E sem problemas com calmarias
( num avião calmarias são super-benvindas ) .


Voltamos das terras lusas nesse aí da foto, apertados como sardinhas em lata,
o " padrão
Gol de conforto" parece que se globalizou .
Ok, não serviram maxi-goiabinhas, mas as refeições não foram lá essas coisas.
( Saudades dos tempos da Panair, ou mais precisamente, da Varig )


NR
:
como se diz por lá
* giro : interessante, divertido

13 comentários:

João Menéres disse...

E as fotos, Peri, quando aparecem ?
Estou cheio de curiosidade para ver tudo que mostrar.

Um abraço.

João Menéres disse...

As restrições e os incómodos vão ainda ser maiores !
As low-costs obrigam as outras companhias a apertar o cinto, sobretudo nos voos de 2 ou 3 três horas.

expressodalinha disse...

E tudo é muito giro... Ainda bem que vieram; melhor que chegaram bem. Abraço.

peri s.c. disse...

João
- 1300 e tantas fotos, estou pouco a pouco editando e pensando nos posts .
Irão aparecendo ...

- Mas em voos de dez horas beira o insuportável . Os consumidores já foram muito mais respeitados.

abraço

peri s.c. disse...

Jorge
Chegamos bem e já saudosos dai e de vocês

abraço

Li disse...

Bem-vindo a pátria!
;p

Eduardo P.L disse...

Um rápido giro, "giro"!
Olha que bom nome para um blog:


BLOG GIRO

Podem usar, eu não aguento mais criar blogs!!!! srsrs

Silvares disse...

Eheheheh, eu estou sempre a insistir com os meus alunos para que procurem outra expressão. Quando dizem que uma pintura é gira ou um edifício é giro explico-lhes que "giro" é um ângulo de 360º, uma coisa circular. O termo não é aplicável nas nossas aulas. Giro é uma maneira de não dizer nada (ou dizer tudo, sem dizer, de facto, nada).

:-)

Pormenor final (nós os tugas somos mesmo tramados) quando fernão de Magalhães realizou a sua célebre viagem, tinha adoptado a nacionalidade espanhola. De outro modo nunca poderia ter comandado a armada sob a bandeira dos "nuestros hermanos". É giro, não é?
:-D

peri s.c. disse...

Li
obrigado, já estou me re-acostumando com a falta de civilidade .

peri s.c. disse...

Edu
relaxe, é só uma fase passageira, em breve você cria mais uns quatro. Deixo o nome para você .

peri s.c. disse...

Silvares,

Ótima explicação sobre o " giro" . Aqui em São Paulo ( não esqueçamos que as expressões variam conforme a região ) " dar um giro " é dar " uma volta ", " dar um passeio ".

....

Antes de fazer o post fui pesquisar sobre nosso intrépido amigo Fernão.
De fato sua quase circum-navegação foi feita sob bandeira espanhola.

Nada demais, Colombo era genovês,
Uns comemoram suas realizações pelo país onde nasceram, outros comemoram sob qual bandeira estavam. Muito giro.

Silvares disse...

Eheheh, giríssimo, de facto. Essa reportagem está começando bem. Muito bem, mesmo...

peri s.c. disse...

Silvares

Essa reportagem vai ser longa ....
Vai render uns 15 / 20 posts, imagino.

( afinal, blogs são uma memória do significativo, pelas mais variadas razões, do nosso dia-a-dia )