#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

23.1.11

Um giro muito giro - 11




Óbidos


O acesso é pela entrada " dos fundos" da cidade ,
A vista externa da muralha e do Castelo requer um certo exercício
geográfico, difícil para turistas apressados, não vimos .



Assustador andar por certos trechos da muralha, que não tem guarda-corpo interno .
Combatentes da época não tinham labirintites nem vertigens ?



Certas modernidades são necessárias nestas pequenas cidades medievais





No frontão da Igreja de Santa Maria, curiosas imagens "gordinhas "



" Eu sou a porta : por mim se alguém entrar será salvo "
( bom esse condicional, nada impositivo )


Não é bem essa a porta a que o texto da foto acima se refere






Hoje os mouros chegariam rapidinho pela autoestrada
Será que pagariam o pedágio ? ( a portagem?)

Ruas e espaços da época onde não haviam carros




A natureza vai resistindo


Frontões depois ... de frontões


Vai uma ginjinha aí ?


O vendedor de balões .... e guarda-chuvas.

E a névoa dos vendedores de castanhas.

12 comentários:

João Menéres disse...

Bela, sempre bela Óbidos !
Gostaram daqueles azulejos azuis e brancos ?

Boa reportagem em dia de chuva.

Um abraço.

Aqui está SOL limpo há uma semana. Mas um frio cortante !).

peri s.c. disse...

João

Bela e azulejada .Preciso ler um pouco sobre azulejos .
Chuva que ia e vinha .

Aqui pouco calor devido aos grandes temporais de todos os dias .

abraço

jugioli disse...

Óbidos sempre bela, não a conhecia deste ângulo invernal.
Sempre vou no verão.

bjs

claudio boczon disse...

Segura o Bob Esponja aí, gente!

Dubaralho as fotografias que fotografais, e o cenário deve ser do canário!

expressodalinha disse...

Fui muitos anos passar férias para esta zona. A neblina e o tempo incerto são uma constante, mesmo no Verão, influenciados pela Lagoa de Óbidos, a uns 10 km de distância.

peri s.c. disse...

Ju
Sempre vai ? Que delícia!
Assim é possível conhecer bem a vila e o entorno .
bjs

peri s.c. disse...

Claudio
Dubaralho}? Obrigado. O perigo é embaralhar tantas foto.

Os cenários são do canário. E do pintassilgo , do tico-tico-no-fubá, etc.

E como verá nos posts sobre o Porto, das gaivotas.

peri s.c. disse...

Jorge

Males do turismo exprersso : não é possível pesquisar as cercanias .

Li disse...

A primeira vez que voltei daí vim fascinada pelos azuis portuguêses. Aqueles que eles pintam nas fachadas, feito uma barra...

Li disse...

Hummmm a ginginha!!!
:D

peri s.c. disse...

Li

Não "gingei", ainda tínhamos estrada pela frente .

Anônimo disse...

Peri,
existe alguma coisa mais bonita?
Vivina