#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

2.7.10

Pimba na ( murcha ) gorduchinha - 8

Esse negócio de clube do Bolinha não podia dar certo. Ainda mais que a disputa não é só com a turma da rua de baixo. É com outras 31 ruas, eh eh.


Hoje pela manhã o Datafolha informava que a popularidade do Dunga junto à patriótica Pachecada chegava ontem a 70% de aprovação.
Qual seria o índice agora ?

Uma grande vantagem ter perdido , assim nos livramos do discurso e da prática do medíocre " futebol de resultados " .
Entre tantas coisas que não merecemos, uma delas seria enfrentar mais uma " era Dunga ". Uma só já foi demais.

E vamos acompanhar o que a combativa imprensa esportiva Patropi vai falar, ela que já estava elogiando a seleção só para agradar a Pachecada.

13 comentários:

Eduardo P.L disse...

O Brasil chegou onde seu futebol poderia ter chegado! O Dunga, a bola e o campo de grama mista será responsabilizado pela precoce desclassificação, mas nada disso explica! Na verdade a Copa perdeu seu objetivo inicial, que era confrontar de quatro em quatro anos, jogadores e times de diversos países! Hoje os times são TODOS internacionais com jogadores nacionalizados e usando as camisas que a conveniência recomenda! É tudo uma outra coisa!
Falta agora colocar mais dois juizes atrás das traves, já que a FIFA reluta em aceitar novas tecnologias no campo dos árbitros, que deram a nota destoante desta copa!
Mas pesadelo mesmo vai ser aguentar as críticas à Copa de 14, que como já sabemos vai ser a la brazileira!!!! Com Z

valter ferraz disse...

Peri,
como grita aquele locutor ufanista:
ACABOU! ACABOU!

expressodalinha disse...

É só futebol. Agora já podem ver os jogos descansados. Aqui entre nós, tem lá uns jogadores tipo "armário" que parecem ser pedreiros (sem ofensa para estes. Aquele Filipe QQ sabe o que é uma bola?

peri s.c. disse...

Edu
As vuvuzelas desestabilizaram psicologicamente os jogadores.

peri s.c. disse...

Valter
Acabou nada, o Babâo Bueno vai continuar a encher nosso saco por muito tempo.
E em 2014 se ufanismo atingirá culiminâncias inimagináveis.

peri s.c. disse...

Jorge
Nós sabemos que é só futebol. Mas somos apenas uns 10% da população.

Lina Faria disse...

Explicar a brasileiro que é só futebol é igual chutar a santa.Não há em nenhum país tanto fanatismo por futebol, quanto no Brasil. Em qualquer lugar do mundo,é só futebol. Aqui não.

Ery Roberto Correa disse...

Peri, tem uma máxima dos comentaristas de futebol, principalmente daqueles que comentam arbitragem, que juiz bom é aquele que não aparece no jogo.

Eu diria que, por extensão, técnico bom é aquele que não se sobrepõe ao cargo e aos craques.

Dunga foi exatamente o contrário: ele era o centro. Principalmente quanto a "cagar" regras de convivência e postura.

O futebol tem que ser jogado com prazer, na sua forma mais lúdica. Era assim nos tempos de Garrincha e outros tantos que você conheceu.

Hoje, ainda bem, quem convoca realmente os melhores, chega mais fácil às finais. Está aí o exemplo de Alemanha, Espanha, Holanda...

Mas, vamos e venhamos, não tem preço ver a Argentina ir embora pro aeroporto. De quatro!

valter disse...

Ery,
por coincidencia(ou nao): o tecnico-hermano tambem aparecia mais que o time. Deu no que deu.
E felicidade mesmo e ver os arrentinos chorando!

peri s.c. disse...

Lina
Acho que nustros hermanos argentinos são mais fanáticos .

peri s.c. disse...

Ery
Nunca se deve dar ( ou permitir ) o poder absoluto a um homem ( ou mulher ) acaba dando merda.
Foi levado ao posto " para que não se repetisse o que aconteceu em 2006".
Pois é , trocaram 6 por meia-dúzia.
Para evitar os problemas de 2006, criaram outros e a selecinha caiu fora de novo nas quartas-de-final, eh, eh. Muito eficiente.

peri s.c. disse...

Valter
O técnico ar-rentino vai continuar aparecendo. Já o nosso vai aguentar uma bucha legal quando sair às ruas .

guga disse...

Para o matamata tinha que ter levado o goleiro do flamengo. Simples.