#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

22.11.09

Só dá " ispééérrrrrto"


Exercitar espertezas virou esporte nacional, principalmente nas relações profissionais/comerciais da área de prestação de serviços. Arquitetos são vítimas constantes de conversas como as do vídeo abaixo.




10 comentários:

Eduardo P.L disse...

E tem gente assim mesmo!!!!!

peri s.c. disse...

Edu
Muito, muito mais do que você imagina.
E não são só pessoas, é comportamento empresarial.

valter disse...

Peri,
já passei por isso. Pediam um projeto de ar condicionado. Fazíamos. Pediam que fosse em CAD. Mandávamos pro parceiro e levávamos pro "cliente". Daí ele decidia que ia fazer com outro prestador de servivos, ou que iria adiar a instalação. A Air Systems micava com o prejú. O "cliente" nficava de posse do projeto e repassava pro pessoal próprio. Foi tanto e tantas vezes que cansou.
E não é exclusividade dos brazucas. É mentalidade irraigada.

anna disse...

hehehehe... com os preços abusivos dos restaurantes, salões de beleza(?) e para o lazer, acho que deveríamos instituir o dia do aplique!

peri s.c. disse...

Valter
A "lei de Gerson", essa " pegou".

peri s.c. disse...

Anna
Comer "fora" : só se for no quintal .

Patty Diphusa disse...

Dia do aplique é demais, Anna, adorei. Só perde em sacanagem para o dia da pindura, dos nossos futuros advogados.

Bjs

peri s.c. disse...

Patty
Dia do aplique é todo dia, ruim quando somos vítimas. Hoje, sempre.

pecus disse...

Aplique? Técnicas avançadas de negociação.

peri s.c. disse...

Pecus

Técnicas avançadas de embromação, onde só um leva vantagen(s).