#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

6.8.09

Replay




Jaguar

Esse eu já postei aqui. Mas é impossível não rir toda vez que revejo.


17 comentários:

Anônimo disse...

Peri: (saudade da(s)pizzas).

Parece folhetim televisivo.
Interpretação Melhor, e lógica(Spinoza).
"O poeta é um fingidor,
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que êle teve,
Mas só as que êles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira,a entreter a razão,
Êsse comboio de corda
Que se chama coração.

Fernando Pessoa.

Anônimo disse...

Peri:

Divaguei...

Acima, assino...

Günther.

(São as calhas de roda...)

Abração.

Marcio Gaspar disse...

sensacional a charge e também o 'pessoa' lembrado pelo gunther.

anna disse...

peri's, acho meio triste.

peri s.c. disse...

Günther
obrigado pelo contraponto literário ao escracho jaguariano.

abraços mezzo mussarela, mezzo calabresa.

peri s.c. disse...

Marcio
Flagrantes da vida irreal

peri s.c. disse...

Anna
Acho inteiramente engraçado, mas meio triste também.

roserouge disse...

Humor negro do melhor! Magnifique!

Eduardo P.L disse...

Mais do que o contexto em si, as caras e posições dos desenhos são ótimas! O intelectual esta perfeito. A mulher idem, já o morto, o bom escritor, enforcado!!!! srsrs

peri s.c. disse...

RR
Do melhor.
Neste Armazém só produtos de alta qualidade.

peri s.c. disse...

Eduardo
Um desenho aparentemente tosco, mas refinadíssimo.
Além disso, pelo tradicional escracho de seu trabalhos, meu preferido nacional.

Silvares disse...

Mas, afinal o que está escrito no papelinho!?

Lord Broken Pottery disse...

Peri,
Não consigo achar triste. Acho apenas engraçadíssimo, coisa de gênio. Este humor meio House, negro, fino, acho demais!
Abração

peri s.c. disse...

Silvares
Com certeza muito mais que " Adeus mundo cruel".

peri s.c. disse...

Lord
O Jaguar é sempre engraçadíssimo.

googala.opsblog.org disse...

gênio é gênio

Anônimo disse...

Peri,

vai soar repetitivo, mas é inevitável: genial!

Beijo

Vivina