#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

27.8.09

Novos tempos


O impacto da computação gráfica no ato de projetar. E no de executar .



Que tal desenhar esse biombo na prancheta, com esquadros, compassos, curvas francesas e outros jurássicos e apropriados utensílios ?


Phenomena Room Divider
autor : Sang Hoon Kin, designer sul(?)- coreano




Meditações day-after-post :
1. Essas coisas " orgânicas ", meio science-fiction, assustam. Sabe-se lá se de noite não criam vida e deglutem
com uma risadinha sarcástica, quem passar por perto?
2. O único que estaria a salvo seria o designer, o biombo cuidaria da ampliação da própria espécie.


fonte inicial, blog Arq-Bar

13 comentários:

Anônimo disse...

Peri:

É muito mais fácil,no Brasil,com tela de galinheiro.

Abraços "emaranhados",(sem Sir Ney).

Günther.

claudio boczon disse...

desenhar isso no braço é coisa para chinês...

...benditas tecnologias.

peri s.c. disse...

Günther

Nossas telas de galinheiros são amorfanhadas por natureza, sem a necessidade de computadores.

abraços amorfanhantes

peri s.c. disse...

Boczon

Para chinês com dose da paciência elevada.

Benditas. Mas dá saudades, de vez em quando, de cortar um papel manteiga, de uns grafites, uma régua paralela, um mata-gato e uma borracha, um esquadro regulável ...

Eduardo P.L disse...

"Amorfanhantes" é bom também!

peri s.c. disse...

Edu
Amorfanhação total.
Visual inclusive, um biombo quase de ficção científica.

anna disse...

acho meio estranho.
não gosto não.
acho que menos é mais.

Anônimo disse...

Peri,

já te disse, meu olhar é muito leigo pra esses avanços todos. Mas que acho bonito, isso acho!

Beijos

Vivina.

peri s.c. disse...

Anna
Menos é mais, quase sempre.
Este biombo é tão magnífico, que nâo é para ser colocado em um ambiente. Você tem que criar um ambiente em volta dele.
É algo over.
Como a arquitetura de ponta hoje.

peri s.c. disse...

Vivina
Bonito e impactante.
Não é para qualquer espaço.

bjs

Fernando Zanforlin disse...

O perigo não é ser engolido, é acordar, ver aquilo e não saber onde está, por meros segundos.
Ƨs.

peri s.c. disse...

Fernando
Segundos assustadores.
Ou não.

abraço

Fernando Zanforlin disse...

Apavorantes,
Ƨs