#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

25.2.09

Congelando os tamborins



Só voltarão às Avenidas daqui a 352 dias .


" A quarta-feira de cinzas é o primeiro dia da Quaresma no calendário cristão ocidental. As cinzas que os cristãos católicos recebem neste dia é um símbolo para a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, recordando a passageira, transitória, efêmera fragilidade da vida humana, sujeita à morte. Ela ocorre quarenta dias antes da Páscoa sem contar os domingos ( que não são incluídos na Quaresma); ela ocorre quarenta e seis dias antes da Sexta-feira Santa contando os domingos. Seu posicionamento varia a cada ano, dependendo da data da Páscoa. A data pode variar do começo de fevereiro até a segunda semana de março.

Alguns cristãos tratam a quarta-feira de cinzas como um dia para se lembrar a mortalidade da própria mortalidade. Missas são realizadas tradicionalmente nesse dia nas quais os participantes são abençoados com cinzas pelo o padre administrando a cerimônia. O padre marca a testa de cada celebrante com cinzas, deixando uma marca que o cristão normalmente deixa em sua testa até o pôr do sol, antes de lavá-la. Esse simbolismo relembra a antiga tradição do Oriente Médio de jogar cinzas sobre a cabeça como símbolo de arrependimento perante a Deus (como relatado diversas vezes na Bíblia). No Catolicismo Romano, é um dia de jejum e abstinência. " ( da Wikipédia )


A partir de hoje as fantasias serão outras, mais circunspectas e perigosas : terno-e-gravata, tailleurs, etc. Os adereços mais caros : laptops, celulares de última geração, calculadoras eletrônicas financeiras, etc. E os carros, muito mais alegóricos : Pajeros, Audis, BMWs, etc.

Assim o Carnaval continuará animadíssimo na Grande Avenida da Política/Economia e em todas as transvesais que saem dela, algumas bem pouco iluminadas, com incontáveis e inacreditáveis enredos da pior qualidade. A "comunidade" que gravita nas cercanias da Grande Avenida é das mais eficientes, não brincam em serviço.

E nós pagando ingressos cada vez mais caros para assistir essa folia.



16 comentários:

Adelino disse...

Peri, tem algo pra você lá no Nostalgia... Não se assuste, não é MEME nem blogagem coletiva. É algo que você poderia colocar à venda lá no seu Armazém... Ia ser um sucesso.
Um abraço.

PS - Gostei dos posts momescos.

Eduardo P.L disse...

Estou de pleno acordo! E viva o carnaval nacional!

peri s.c. disse...

Adelino
Vai para as prateleiras, claro, adoramos "novidades".
Aquele (a?) MEME ( afinal o que é isso ) literária, ainda vou responder, assuntos mais urgentes impediram a publicação.

abraço e obrigado.

peri s.c. disse...

Eduardo
eh, eh, êta país musical, o samba continua, os Pais da Patria sorridentes evoluindo em largas passadas, nós dançando " ô devagar, miudinho, devagarinho ".

expressodalinha disse...

Nem queira saber a folia que anda por cá. Administradores, bancos, banqueiros, ministros... anda tudo a brincar ao Carnaval!

Sibila disse...

Cê sabe que discordamos sobre certos temas. Mas quanto às novas fantasias e adereços e o quanto, no geral, a gente é expulso de nossa própria rua: foi no foco!
De Ismael Silva:
"Existe muita tristeza, na rua da alegria. Existe muita desordem, na rua da harmonia. (...)Cada vez mais me embaraço. Quanto mais longe do circo, mais eu encontro o palhaço".

Bjs

Marcio Gaspar disse...

peri: dá uma procurada pela web, por um texto do jânio de freitas publicado pela folha de sp no domingo. perturbador, aflitivo, verdadeiro, demolidor.

€ster disse...

Olá!!

€stou passando nos blogues amigos para convidá-los a participar da Blogagem Coletiva sobre “INCLUSÃO SOCIAL” que acontecerá no próximo dia 09/03/2009.

Ficarei muito feliz de poder contar com sua participação!
Se for participar, por gentileza, deixe um recado no blog Esterança.

Desde já, muito grata!

€ster

peri s.c. disse...

Jorge
Como dizemos aqui, a merda é mesma emtodos os lugares, só mudam as moscas.

peri s.c. disse...

Sibila
Agradabilíssimas discordâncias, necessárias à lapidação das visões/opiniões.
Pois é , cada vez mais as ruas são menos nossas.
Ismael Silva, oerfeito !

peri s.c. disse...

Marcio
Pensei que tinha encerrado o assunto carnaval. Necas. Graças à sua sugestão novo post amanhã. Creio que permite uma discussão pertinente.

roserouge disse...

Tens um desafio lá no meu canto, vai ver!

peri s.c. disse...

Marcio

Desisti.
O texto é ótimo, ótima dica, mas perdi o pique analítico-carnavalesco.
Uma interessante " demolição", com alguns pontos que discordo. Mas nada vai contecer, a midia, os publicitários e a política caem como sanguessugas nessas antigas manifestações populares, deturpando-as.
Este ano além das tradicionais figuras de eterno plantão midiático nos desfiles, esteve lá o nosso sambístico presidente. Isolado num sub-camarote dentro de um camarote ( exigência dele ), não queria nem ministros por perto, eh, eh.
E a primeira-dama, se achando muito importante, desceu até a passarela para "cumprimentar" componentes de suas "escolas do coração",desde criancinha, suponho ah, ah. A midia diz que provocou "frissons" com sua aparição, ah, ah. Deve ter provocado frissons nos diretores de harmonia das escolas, já que isso atrapalha o desfile.

peri s.c. disse...

Ester
Agradeço a lembrança e o convite, sou solidário ao assunto, mas blogagens coletivas não são bem a minha praia.

peri s.c. disse...

RR
Já fui lá tentar devassar quais as suas mentiras.

Adelino disse...

Peri, estou "indignado... Eu não sabia de nada... Nunca neste país houve traição tão grande..."
Esquindô, esquindô, esquindodô...
Abraços