#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

1.7.08

Porque temos ( alguma ) fé no gênero humano

Por exemplo, porque ele inventou a média ( feita com café expresso, ponto para os italianos ) e o pão francês ( que de francês não tem nada, mas quentinho e estalando ) com manteiga. Um mènage à trois aconchegante.

foto by Peri S.C. Padocas e Afins Views


36 comentários:

anna disse...

salivei...

claudio boczon disse...

sem falar naquela ocasião em que o freguês pediu uma média sem manteiga na padoca, o patrício entrou na cozinha para preparar e, depois de vinte minutos, volta e pergunta:

"o pá, sem manteiga não tem, pode seire sem margarina?"

peri s.c. disse...

Anna
Com toda razão..

peri s.c. disse...

Boczon
o mesmo patrício que quando informatizou o caixa da padaria, punha o mouse atrás da orelha, certo ?

Anônimo disse...

Peri,

não há dúvida: em momentos assim, artistica e apetitosamente tentadores, o gênero humano se salva.

Abraço da

Vivina.

Marcio Gaspar disse...

'seu garçom faça o favor de me trazer depressa uma boa média que não seja requentada, um pão bem quente com manteiga a beça...' - graaaande noel rosa!!

Marcio Gaspar disse...

'seu garçom faça o favor de me trazer depressa uma boa média que não seja requentada, um pão bem quente com manteiga a beça...' - graaaande noel rosa!!

peri s.c disse...

Vivina
Esses pequenos prazeres, ali na esquina, aquecem o corpo e simploriamente reconfortam a alma.
bj

peri s.c. disse...

Marcio
Grande Noel mesmo.
Hoje talvez a letra fosse um pouco diferente : " ô, psiu, traga uma média que não seja requentada, com leite diet que não esteja vencido .."

peri s.c. disse...

complementando :
" e um pão , bem quente sem miolo, que engorda, com margarina light aquela com ômega 3, mas só um pouquinho ... "

meio complicado para rimar e casar com a música.

Anônimo disse...

Peri e Marcio,

concluindo: o Noel, hoje, teria de ser ainda mais genial.

Beijos duplos,

Vivina.

peri s.c. disse...

Vivina
além de mais genial teria que ter um produtor musical, assessor de imprensa, assessor comercial, personal trainer, personal stylistic,
patrocinadores, etc

Eduardo P.L. disse...

O café da manhã, na esquina, esta animado. Aqui em Imbituba não tem nada disso!

Pô!

Aninha Pontes disse...

Eita "trem bão".
O homem ainda tem salvação. Tem muito que oferecer. Inteligência, Deus lhe deu.
Querido, estamos com problemas com a mardita da telefônica. Aqui o homem não tem salvação, mas consegui dar uma corridinha, para deixar um beijo, e dizer que mais uma vez nosso encontro foi lindo e delicioso. E o grupo está aumentando. Aproveito para mandar para Reni, meu beijo. Amei-a, adorei conhece-la, e diga a ela, que aquela risada gostosa que ela tem, foi muito bom ouvir, está guardadinha aqui comigo.
Linda menina.
Beijos aos dois.

peri s.c. disse...

Eduardo
Fico admirado que você, um cara organizado e empreendedor, não tenha aí em seu paraíso particular uma máquina de expresso, um forno para fazer pão e umas cabecinhas de gado para tirar o leite e fazer a manteiga .

peri s.c. disse...

Aninha
Madame P.S.C. ainda não leu suas palavras, mas vai adorá-las.Ela também gostou de todo mundo.
beijos e não dê folga ao Valter, põe ele para limpar o quintal.

anamoraes disse...

visto por esse ângulo, sim, ainda temos esperanças!

ery roberto disse...

Rapaz, aqui ao lado de casa tem a Panificadora "Pão da Vovó", que agora começou a produzir o pão carequinha (é um pão d'água, não sei se conhece, sem aquele toque manual do padeiro com a mão em cunha que separa a massa em duas partes). Fui lá ontem e tinha careca da hora e manteiga Aviação. Comi dois. A gula aqui é inversamente proporcional ao meu tamanho.

ery roberto disse...

Rapaz, aqui ao lado de casa tem a Panificadora "Pão da Vovó", que agora começou a produzir o pão carequinha (é um pão d'água, não sei se conhece, sem aquele toque manual do padeiro com a mão em cunha que separa a massa em duas partes). Fui lá ontem e tinha careca da hora e manteiga Aviação. Comi dois. A gula aqui é inversamente proporcional ao meu tamanho.

peri s.c. disse...

Ery
Manteiga Aviação? Uau, um verdadeiro ícone do entupimento de artérias, ah, ah. A Sociedade Cardiológica Brasileira deveria homenagear o dono da fábrica.
Se bem que temos hoje manteigas mais saborosas. A Aviação de latinha tem um gostinho "meio" estranho. Mesmo assim sempre tenho uma de reserva, no caso de contusão das titulares.

abraço

peri s.c. disse...

Ana
Enquanto o insinuante perfume de um spresso e o de um pão quente estiverem chegando às nossas narinas, há esperança.
Não sei do que, mas há.

Anônimo disse...

Peri,

pensando bem, acho que, se vivesse hoje, o Noel teria outra profissão...

Beijo

Vivina.

Eduardo P.L. disse...

Peri,

eu não teria mais tempo para pintar! TODAS essas coisas e máquinas TOMAM muito tempo!

Adelino disse...

Peri, bom também era uma média com pão na manteiga. Explico melhor.

Existiam três "modelos" diferentes de média, com preços diferentes: "com manteiga", "na manteiga", e o "próximo à manteiga"... Com manteiga tinha manteiga mesmo. Na manteiga apenas vestígios. Próximo à manteiga eles passavam o pão perto da manteiga para ficar apenas com um cheirinho dela. Os preços eram decrescentes, claro.
Ia esqucendo: tinha o pão com manteiga, mas sem manteiga...
Mas o melhor mesmo era o café com leite bem quentinho com bolo inglês... Sem manteiga...
Peri, grande abraço.

Adelino disse...

Peri, já falei muito, mas vale lembrar o que você disse sobre prazo de validade. Nós criticamos muitas coisas "mudernas", mas nos good times nem se falava em prazo de validade, não é? E mais "pratrazmente" embrulhava-se peixe, carne em jornal, com tinta e tudo. Não tinha Procon, essas coisas de siglas pomposas.
Abraços a todos, com um ótimo final de semana.

Adelino disse...

VIVINA e PERI, o Noel Rosa teria de ter assesor de imprensa e jabá, se não as músicas dele não tocariam nem em serviço de alto-falantes...

Estou contigo, Peri: o Eduardo, um artista competente, inteligente, viajado, consagrado, morar num paraíso e não ter nem uma criaçãozinha de cabra, uma vaquinha pra ter leite fresquinho "direto da fonte ao consumidor" realmente é estranho.
Ele diz que não tem tempo, mas entre uma pincelada e outra, um abre e fecha uma bisnaga de tinta, ele poderia pensar no assunto, não? Rsss.

Pra vocês um beijo e um abraço, respectivamente.

sonia a.m. disse...

Adoro café com leite e pão quentinho. Aqui a receita de uma pastinha ideal para substituir a manteiga: um pouco de yogurte desnatado amassado com ricota e um tico de sal. Fica uma delícia!

Uma curiosidade culinária da comunidade holandêsa daqui de perto onde moro: eles adoram café com leite, que é servido sempre como entrada, mesmo antes de um belo jantar!
Bjs.

peri s.c. disse...

Sonia
Vamos testar a receitinha.
Interessante esse costume holandes, eu desconhecia.
bjs

roserouge disse...

Aqui em Lisboa quando a gente pede "pão com manteiga" vem sempre com margarina. É mais barato para eles...o que vale é que o café é bom e disfarça a coisa...

peri s.c. disse...

Roserouge
Aqui em São Paulo onde sem dúvida se faz o melhor pão do Brasil ( é bom mesmo ) 99,999% das padarias são de portugueses ou seus descendentes. E nelas, pão com manteiga normalmente é com manteiga mesmo.

Os 0,001% que faltam no índice acima são de padarias italianas ( 3 ou 4 ), onde o pão é melhor que o da Itália.

roserouge disse...

É, nós fazemos muito bom pão. Há o casqueiro, o de centeio, o alentejano, a regueifa, o de mistura, o de cereais, o de mafra, o de milho, a chapata, o integral e mais uma data deles, não me lembro de todos. E tudo uma delícia! Será do bigode das padeiras?

peri s.c. disse...

Ah, ah, boa pergunta . Será que os bigodes das senhoras obrigam os padeiros a se concentrar mais no preparo das massas ?

roserouge disse...

Eu acho que também preferiria olhar para uma boa massa de pão do que para uma mulher com bigode...

peri s.c. disse...

E eu que pensava que as bigodudas eram só as que imigragaram para cá.

Mas hoje a indústria dos cosméticos já resolveu a questão, pelo menos com as que se preocupam com essas estranhas penugens.

roserouge disse...

A gente cá já não tem nada disso. Agora é só gajas boas.

peri s.c. disse...

Uff, ainda bem !


( correção na resposta anterior : imigraram )