#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

8.7.08

A magia do cinema



Fellini dirigindo Satyricon



Linda essa foto, do diretor isolado da enorme equipe que o cerca.

Esse foi o primeiro filme
dele que assisti , creio que em 1970. No Belas-Artes, naquela antiga sala de cima, provavelmente numa sessão da meia-noite, a nossa preferida. A escada acabava no meio da platéia e quando se entrava na sala, a tela explodia na sua frente.
Entrei, o filme já havia começado, fiquei espantado. Um mergulho naquelas antigas insulae* romanas. Tipos exóticos, cores berrantes, fumaças opressivas. O filme todo um choque visual e de estranhas situações. A partir daí e para todo o sempre, meu diretor favorito .


Sobre Fellini há uma interessante observação no livro Bella Toscana, de Frances Mayes. Ela conta que seu marido depois de conhecer bem a Itália, diminuiu um pouco sua admiração pelo diretor, afinal aqueles tipos exóticos constantes em seus filmes são facilmente encontráveis pelas esquinas de quaisquer cidades de lá.


* as insulae eram as antigas habitações populares de Roma Antiga, com algumas semelhanças com nossos edifícios, podiam chegar a seis andares. Precárias, feitas em madeira e tijolos, facilmente se incendiavam. Daí o grande incêndio de Roma, na época de Nero.


26 comentários:

José Louro disse...

Realmente bonita a foto. Passei por aqui para ver as novidades.
Abraço.

Anônimo disse...

Peri, linda foto. Eu sempre digo que a um bom desempenho de um ator 70% dos méritos deveriam ser creditados ao seu diretor.
Grande abraço.

Claudio Boczon disse...

que atire o primeiro Nino Rota quem não ficou de alguma maneira tocado ao assistir Fellini pela primeira vez.

e, endossando o coro, tesão de fotografia

Anônimo disse...

Sempre bem vindo , José, abraço.

Anônimo disse...

Adelino
teatro a arte do ator, cinema do diretor.
abraço

Anônimo disse...

Boczon
Uma rara e contínua dúvida o filme foi feito para a música ou a música para o filme, tanto que elas combinam.

Neil Son disse...

amarcord, la nave va, roma, sete e 1/2, os boas vidas, ginger & fred... filmes autorais, eternos, com a marca de um gênio. e a cena do mar de plastico em casanova?? sensacional!!!

Anônimo disse...

Uma fotografia de quem conhece o ramo. Espetacular! Quanto a Fellini, pura genialidade. Impossível dizer menos.

Ery Roberto
www.infinitopositivo.blogger.com.br

Jorge Pinheiro disse...

Grande foto, grande realizador. Marcou uma época e marcou o cinema.

Anônimo disse...

Neil
e as Noites de Cabíria, Giulietta dos Espíritos, Ensaio de Orquestra, A Cidade das Mulheres, La Strada ( acredita? não vi esse !)

Soberbo!

Anônimo disse...

Ery
Um gênio, porisso não ganhou nenhum Oscar em competição, eh, eh.Só um " honorário" por sua carreira.

Anônimo disse...

Jorge
Um realizador muito particular.

anna disse...

o belas artes, que mudou de nome, voltou a ter sessões a partir da meia noite.

e me deu saudades do bijou, da madruga sem violência, daquela fartura de filme cabeção melhor vistos depois de fumarum, do nenhum medo da vida, dos muitos projetos, do imprevisto.

xi... peri's, bateu a maior noltalgia.

Unknown disse...

Com a Anna e o Adelino, a NOSTALGIA anda braba!!!!

Anônimo disse...

Anna
Mas depois dessas novas sessões da meia-noite não temos mais o Jota's com aquele chocolate com marshmellow que , junto com a gata de plantão, aquecia aquelas deliciosas noites frias e garoentas.

Anônimo disse...

Eduardo
Nós..talgiamos, eh ,eh

Anônimo disse...

E ninguém se lembrou do "La Dolce Vita"?

Anônimo disse...

Cáspita! bem lembrado, falha imperdoàvel, faltou La Dolce Vita! obrigado

... disse...

Vivendo em " insulaeS', pelas janelas vendo esses mundos mostrado pelo olho agudo do certo Frederico.
ab.

Só- Poesias e outros itens disse...

Fellini, a poesia dos seus filmes é inconstestável...
"E la nave va" o surreal de todas as imagens.

bjs.


JU Gioli

Jorge Pinheiro disse...

TERTÚLIA VIRTUAL DI 15, 3ª FEIRA. TEMA: O MELHOR LUGAR DO MUNDO.

Anônimo disse...

E aquela foto da angustiada Anita Ekberg na Fontana de Trevi...que coisa linda!

Anônimo disse...

Fernando
O agudo olho imaginário de FeDerico.

Anônimo disse...

Ju
e a maior delas : o navio pontilhado de luzes navegando no mar de plástico .

Anônimo disse...

Jorge
estamos à postos ( mas convém relembrar na 2ª feira, nossa memória já está virando uma vaga lembrança )

Anônimo disse...

Roserouge
Três coisas lindas, a cena, a Anita e a Fontana.