#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

7.5.08

Não há como negar

Nossos políticos são criativos pacas. E tem tempo de sobra para exercer essa criatividade.


Vai entrar na pauta de votação da Câmara Federal o projeto que cria o Auxílio Funeral, de R$ 16.500,00 para que nossos combativos deputados federais possam vir a descansar em paz, poupando as viúvas da necessidade de pedirem algum emprestado para o elegante caixão e complementos. Benefício que à critério da direção da casa poderá ser estendido também à ex-deputados.
Vai ter quem morra umas três vezes para embolsar a graninha. Afinal, se Jesus que nunca teve nenhum voto, ressuscitou, porque um deles não poderia?


17 comentários:

Marcio Gaspar disse...

criativos mesmo, peri. nessa, nem o dias gomes tinha pensado...

peri s.c. disse...

Marcio
muito "Além da Imaginação", só rindo da cara de pau.

PS1 : putz, será que eles tem auxílio maternidade ?
PS2 : e o auxílio joanete, espinhela caída, dor no figo ( muito whisky, sacuméquié ) ?
PS3 : e por falar em cara de pau, podia vir também o auxílio " lustra móveis Shell"

sonia disse...

logo logo essa idéia vem para o Brasil, se é que já não anda tramitando pelo Congresso. Aliás, até posso arriscar dizer que deve haver um "acordo de cavalheiros" para trocarem "boas" idéias entre si, Brasil e Portugal. Afinal, povos unidos não vão deixar uma oportunidade dessas passar dsssapercebida...

peri s.c. disse...

Sonia
Essa brilhante idéia é brasileiríssima, a notícia está no G1 ( portal da Globo ) hoje. Deve ser matéria de jornais amanhã. A notícia só não esclarece que é o "pai" da idéia.

anna disse...

pagaria com maior prazer se eles prometessem não ressuscitar. nenhunzinho.

só assim conseguiríamos nos livrar de vez dessa corja!

peri s.c. disse...

Anna
Talvez não resolva, seus espíritos (de porco) poderiam vir nos assombrar à noite , eh, eh.
Até o Zé do Caixão fugiria.

ery roberto disse...

Peri, ontem li comentários sobre o mesmo tema em outro blog e lá pelas tantas alguém dizia que "concordava com aprovação do projeto, mas desde que eles usassem o benefício o mais breve possível". No entanto, tenho que concordar com sua resposta à Anna. // Sinceramente, acho que a inspiração vem do Executivo. Benefícios sem qualquer contrapartida é paternalismo inconseqüente. Abraço.

peri s.c. disse...

Caro Ery
conseguir uma " boquinha " é o esporte nacional desde que aqui atracou a primeira caravela e os intrépidos navegadores desceram com espelinhos e outras quiquilharias para engabelar os nativos. Hoje os nativos somos nós...
abraço

Eduardo P.L. disse...

Peri,

olha o "loby" das FUNERÁRIAS agindo no Congresso....

" Morra-se com um barulho desses"...

peri s.c. disse...

Eduardo
Um lobby que deve agir em silêncio e nas sombras...

Eduardo P.L. disse...

Ôpa...esse meu lobby ficou faltando um "B". Tá vendo, PeriX, acontece!!!!

~C;-)

peri s.c. disse...

Eduardo
Lobby sem um b para passar mais despercebido, eh, eh.

Eduardo P.L. disse...

Sabe "cumu" é!!! Lobbysta cobra uns bbbb.....

josé louro disse...

Incrivel! Mas com muita piada o texto.

peri s.c. disse...

Caro José
Apesar da classe política estar absolutamente desacreditada aqui no Brasil, eles tem a coragem de propor projetos como esse. Hoje no rádio os comentaristas diziam que ele não será nem levado à votação.
Só nos resta tratar estes eventos como piada, mesmo porque são isso mesmo.

peri s.c. disse...

Eduardo
Lobby$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ta ....

Norival R. Duarte disse...

Salve, Peri!

Você começou sua matéria falando em criatividade e eu peguei carona na sua idéia. Então lá vai!

Não fiquem duvidando dos caras, porque o tal projeto pode acabar saindo e sendo aprovado em regime de urgência, urgentíssimo; concomitantemente, o Niemeyer faz correndo o projeto de uma pirâmide, maior do que aquelas que os egípicios construiram - Porquê não? - que é erguida a toque de caixa em Brasília, com pedras trazidas de Garanhuns; as faculdades de medicina, pelo Brasil inteiro, incluirão o curso de mumificação; com o dinheiro do auxílio funeral, que será pouco, paga-se pelo destripamento, pela descerebrização, pela mumificação e pelo translado do político adefuntado até à tal pirâmide. E vocês acham que o plesidente da língua plesa vai deixar de perder uma boquinha dessa, com a possibilidade de ter o seu corpo estudado daqui a 4.000 anos, com o seu mandato quase expirando? Vocês acham que ele, tal como nós, também não pensa na morte? E que no caso dele, isso acontece todo santo dia? Vai que o aviãozinho dele se esborrache na floresta amazônica... ou, quem sabe, nos desertos ou savanas da África (Falta ainda algum país de lá pra ele visitar?).

Abraços pra todo mundo!