#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

28.3.08

Estranhas dependências

O Eduardo P.L. publicou este texto lá no Varal de Idéias :

" BLOGMOÇAS : A portrait "

Com esse título a S. do meu favorito (nOn) Blog postou esta imagem de velhos designs, com uma declaração de amor a essas moças!


Li recentemente a Biografia de TIM MAIA por NELSON MOTA, e ele conta a passagem do Tim que morria de medo de avião, e só conseguia voar completamente" bauretizado" e alcolizado, pede um copo com gelo para a AEROMOÇA e esta se nega a dar dizendo que era proibida bebidas alcóolicas durante o voo! Ele inconformado, bate boca com a AEROMOÇA e ao final pergunta: Você trabalha a muitos anos como Aeromoça?
-Ela responde: Sim, fazem mais de 12 anos!
-Então você é uma AEROVELHA!!! "


A partir deste post, me lembrei da história de um conhecido que por razões profissionais era obrigado a viajar muito e também tinha pavor de voar, então enxugava todas dentro do avião. Quando deixaram de servir uisquinhos à bordo, para criar coragem passou a tomá-los antes de embarcar. Isso provocou uma estranha dependência. Se estava em alguma festa ou algum boteco e tomava seus drinks, na saída, pegava seu carro e sem perceber ... ia para o aeroporto.



25 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Ótima, Peri! Mas não era PILOTO, não?
Hahaha. Ótima!
Agora completou a postagem!
E isso me da uma idéia:
( aliás, não é minha, é da Sofia do (nOn)blog, porque não contar uma historinha como essa, e deixar as pessoas contarem similares, como essas? Não é propriamente dar seguimento "livre", ou Nonsence. Dar seguimento com outro "causo, ou piada como essas da Aeroblog!
Fica a sugestão!
Dificil arrumar uma que de continuidade longa! Tirando histórias do tempo de escola do Joâozinho!

Forte abraço

Marcio Gaspar disse...

as aeromo�as ocupavam o topo (ao lado das enfermeiras) do ranking do fetiche masculino mais comum e chinfrim. perderam esse status, n� peri?

anna disse...

fetiche masculino e desejo feminino de ser quando crescer muito comum tempos atrás.

mudou tanto essa profissão que hoje chama-se comissária de bordo e pode-se encontrar na versão masculina também.

Fernando Zanforlin disse...

O Peri, eu vi uma vez esse cara numa festa, ele chegou com uma mala em cada mão. Quando perguntado o porque das malas, êle dizia que era para não beber além dos limites senão perdia as malas.

peri s.c. disse...

Eduardo

Não, não era piloto, se pusessem um manche na mão dele era capaz de se borrar.
Mas um dia o Estadão publicou uma reportagem, sobre medo de guiar automóveis e acharam um comandante de DC-10, que tinha pavor e nem carta carta de motorista.

Quanto à sua sugestão você conhece um livrinho chamado "Pega prá Kaput" com capítulos escritos alternadamente pelo LF Veríssimo, Moacyr Scliar, Josué Guimarães e Edgar Vasquez ? Hilário.

peri s.c. disse...

Marcio você esqueceu, para completar o trio demoníaco, das Chacretes.
Na nossa época,normalistas já estavam fora de moda.

Só discordo do chinfrim.
Mas são mitos a serem analisados.

peri s.c. disse...

Anna
Mudou de nome e perderam aquele misterioso e libidinoso encanto

peri s.c. disse...

Fernando
Devem existir muitos tipos, com e sem malas, que se encaixam no perfil.
O Luís Fernando Veríssimo tem uma série de crônicas sobre esse negócio de medo de avião, maravilhosas.

Adelino disse...

Peri, apesar do "Samba do Avião" outro famoso que morria de medo de voar era Tom Jobim. Tinha curiuosos fatos pra contar.
Grande abraço

peri s.c. disse...

Adelino
e tem o Vinícius, o Niemeyer, tantos.
Avião decididamente não é uma unanimidade.
abração

GUGA ALAYON disse...

Medo mesmo eu só tenho da TAM. ahahaha

ery roberto disse...

É, mas "foi por medo de avião que pela primeira vez eu (Belchior) segurei na sua mão..."

Eduardo P.L. disse...

Essa do Fernando, também é boa!

peri s.c. disse...

Guga
Já contei isso em algum post antigo. Uma vez perguntei para um antigo mecânico de aviação que trabalhou no Campo de Marte e que vivia viajando pelo Brasil para ir arrumar/buscar aviões quebrados, se não tinha medo. A resposta : não tenho medo de avião, tenho medo de piloto.

peri s.c. disse...

Ery
Acho tão chata essa música que o Belchior deveria fazer uns três pousos de emergência como pena por tê-la composto.

peri s.c. disse...

Eduardo
É boa também. Mas carregaria ele algumas garrafs cheias nas malas ..?

Fernando Zanforlin disse...

Tô cum guga, tam não.
Dá até samba.

Eduardo P.L. disse...

Peri,

respondendo, ainda que tardiamente sua pergunta: "Quanto à sua sugestão você conhece um livrinho chamado "Pega prá Kaput" com capítulos escritos alternadamente pelo LF Veríssimo, Moacyr Scliar, Josué Guimarães e Edgar Vasquez ? Hilário."
Não conheço, mas vou atrás!
Pensando na "coisa", de um blog com essas características, fiz um PILOTO, que poderá ser a semente do que estamos falando. De uma olha : http://contaum.blogspot.com/

peri s.c. disse...

Fernando
aqueles airbus tem eletrônica demais ...

josé louro disse...

Excelente post. Que prazer passar aqui. Honestamente.

peri s.c. disse...

Obrigado José, se você tem o mesmo prazer que eu tenho quando vou olhar sua Janela, então estamos quites.
abraço

Marcio Gaspar disse...

por favor, psiu! não mexam com quem tá quietinho! vai que o belchior resolve acordar ao ouvir o seu nome mencionado por aqui...

peri s.c. disse...

Marcio
Quietinho nada, é um morto-vivo, ele deve ter algum cumpadre que é programador da USP FM, eles tem a ousadia de tocar algumas das suas pentelhosas músicas umas três vezes por semana, me causam delirium-tremens mesmo estando sóbrio. Troquei a USP pela Eldorado.

Aliás, lá vai uma dica prá quem curte rádio : na Eldorado, o programa Sala dos Professores, às 19:00 hs. Biscoito fino. ( além de ser bem na Hora do Brasil, ah, ah, prazer duplicado )

jayme disse...

Alguém aí lembra que o Gil fez uma outra melodia para essa canção do Belchior?

peri s.c. disse...

Não, Jayme, eu não me lembro.