#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

3.2.07

Rapidinhas


  • O gorducho e esportivamente entediado futebolista Ronaldo , aquele que foi um dos escalados para assistir de dentro do campo os jogos do Brasil na última Copa, após comprar 5% de uma das maiores vinícolas espanholas ( primeiro reflexo do PAC? ) e agastado com seu injusto treinador, que o deixava de castigo esquentando o banco de reservas ( onde já se viu isto ) trocou o Real Madrid pelo Milan . Vai usar a camisa 99, dizem que seu peso atual. Donos de estrelados ristorantes, trattorias e boates de Milão comemoram a chegada do rapaz e de seu numeroso e vibrante staff .
  • Juiz iniciou jogo de futebol, no interior de SP, sem a bola em campo . Nossa crônica esportiva não percebeu que mais que um problema, esta poderia ser uma solução.
  • 15 dias de lançamento do PAC. Não detectei nenhuma agitação animadora aqui nas vizinhanças . Os motoristas de táxi da esquina continuam com sua rotina de papo furado com os entediados açougueiro e jornaleiro. Na padaria, a clientela de sempre . No Bradesco e na CEF da esquina as filas não aumentaram, continuam apenas assombrosamente enormes. No mercadinho do japa parece que os últimos Chocotones encalharam mesmo, a clientela não se emocionou com a pseudo-liquidação. E o telefone do escritório continua quieto .
  • Acompanhados por suas famílias e principais correligionários, clima de festa na posse da nova legislatura federal. Estariam contentes pelo desafio da nova e espinhosa missão ou pelos aproximadamente R$ 100.000,00 ( antes do aumento que virá ) que vão embolsar todo mês, com direito a 13º, 14º e 15º , faça chuva ou faça sol, trabalhem ou não ? Claro que só voltarão à Brasília depois do Carnaval, até lá estarão “consultando as bases” e se recuperando da primeira ressaca democrática do ano. Nossa imprensa deixou de cobrir as comemorações noturnas posteriores, seguramente mais interessantes e elucidativas que a própria posse.
  • Após a eleição da presidência da Câmara, a duríssima disputa para abraçar o vencedor. Um ajuntamento de gente opressivo e que seria inaceitável para qualquer um daqueles senhores cheios de empáfia, se ocorresse, por exemplo nas filas de espera de algum restaurante chique ou de um balcão de check-in de algum aeroporto. Fica a suspeita de enormes e obscuros interesses por trás de tanta efusividade e paciência.
  • Martelando nas midias a imbecil campanha publicitária : " só quem é big pode ter preços tão brother " . Seriam saudáveis uns 10 anos de trabalhos forçados em plena caatinga, na época da seca, pisando descalços em cima de mandacarús e bebendo água salobra, para os infelizes publicitários que criaram, e 5 anos para os proprietários que aprovaram e também, por que não, para os clientes que acreditam nestas coisas .

10 comentários:

sunhao123 disse...

hello Please try the following updated web browser,Very handy,Immediately free download!

peri s.c. disse...

eu , hein , Rosa ! tô fora.

gugala disse...

Chocotone Bauducco à R$ 3,00. Perfeito.
Isto é bom PACas!

peri s.c. disse...

R$ 7,50 , 500g .
Bom pro nipônico, sempre em PAF(f), Programa Acelerado de Faturamento (farto) .

gugala disse...

R$ 7,50? Super faturado e sem o frescor natalino.
Lá no Carrão vi a R$ 3,00/meio KG

peri s.c. disse...

Guga , bom o " sem frescor natalino ", perfeito, já perdeu aquela umidade característica, só aí merecia uns 3 reais a menos . Fora que, ressecando já deve estar começando a ficar com aquele gosto de sola de sapato de Papai Noel, desconta-se mais uns 2 reais.O do Carrão é um preço mais realista .

anna disse...

peri's, esse tem big brother também me deixa louca! prá piorar o ator contratado não tem nada, absolutamente, nada a ver com o comercial.
quanto aos 100 mil, deixo de comentar por razões de saúde, pois volta-me o desejo de explodir aquela casa em brasília, repleta de traíras, sanguessugas, mensaleiros e pseudo-cristãos.

peri s.c. disse...

Anna
- Não vi na tv essa publicidade , só ( só???) no rádio e jornal
- E eles querem, e terão, aumento .... são talvez a pior relação custo-benefício existente no país .

fernando cals disse...

Oi, Peri,
bela salada, dos frutos podres que florescem cá na Pindorama.
E, cada vez mais!
Terra fertil, em que se plantando, tudo nela dá!
E da-lhe Pero!
Abração
fernando cals

peri s.c. disse...

um "imbroglio" constante , Fernando.