#Header1 { display:none; } #header-wrapper { display:none; }

21.12.06

Fuga nº2 , retorno nº 3

O guitarrista da família pediu um DVD de presente. Estranhei o pedido, é a gravação de um show de um conjunto meio antigo para um garoto de 18 anos e eu não sabia do registro da apresentação, que havia sido veiculada pela mídia . Quando notamos talentos familiares, como bons pais tentamos suprir estes talentos . Como no caso o setor foi o musical, discretamente vamos aumentando a coleção de CDs com a maliciosa desculpa : " você precisa conhecer este ( jurássico e que adoramos) conjunto ". No meio destes entrou uma coletânea do tal grupo. Além disso viramos experts técnicos, e dá-lhe seguidas visitas à Teodoro Sampaio para comprar violão, guitarra, "amps", descobrir luthier, colocar humbuckers, comprar cordas de tal marca e tal espessura, etc , etc , etc . E dá-lhe também visitas à ExpoMusic ( definitivamente a melhor e mais animada feira especializada que acontece em SP, uma festa ) . Bem voltando ao DVD, no que restou de uma das melhores lojas de discos do Centro, ninguém tinha ouvido falar nele, num conhecido site de vendas ele estava em oferta, mas a atendente disse que era esquisito, pois apesar de anunciado não estava disponível, não existia em estoque. Não foi fácil mas enfim consegui achar o indigitado. E no fim da noite, entre 127 assuntos de fim de ano a resolver, dei uma " filada" rápida no espetáculo. Arrepiante. Maravilhoso astral. Nenhum pedido de " mãozinhas prá cima " ou " prá sair do chão" ou "cantem com a gente" . Nenhum camarote Vip à vista, nenhuma pseudo-celebridade sendo focalizada. Nada de trocar 17 guitarras ( o solista só com a velha e famosa guitarra artesanal de uns 40 anos de idade e um violão elétrico ) ou 28 figurinos. Apenas fantásticos músicos, tocando o fino, felizes e emocionados. Com suas velhas músicas, agora com um som mais encorpado, mais sofisticado. Os Mutantes voltaram. A volta foi em Londres. É a gravação do show que fizeram lá. Fica a impressão que a Rita não fez falta, apesar de estar lá na autoria de várias músicas. O som das vozes no DVD está com uma gravação meio esquisita ( acertem a equalização do som da tv , se ela permite isso ) mas o dos instrumentos está perfeito. Tiozões e tiazonas : a sucessão de arrepios, vale cada milésimo de centavo investido no DVD. Demais conjuntos do claudicante rock nacional : hora de parar , ouvir os Mutantes com cuidado e depois repensar seriamente a vida .

PS : numa das lojas que entrei, um cara ouviu minha pergunta sobre o DVD, quando eu saia ele chegou perto e avisou : " eles vão tocar em São Paulo , dia 25 de Janeiro , nos jardins do Museu do Ipiranga , eu estou sabendo porque trabalho em jornal e a notícia tá correndo ... " O aniversário de São Paulo merece .

5 comentários:

gugala disse...

De 50 em 50 anos aparecem umas coisas dessas. ´Já tá na hora de surgirem outros. Sensacional. Vou atrás tb. abç

peri s.c. disse...

Mais interessante que o surgir , o ressurgir , e melhor .

anna disse...

jurrássico peri's, ótima receita prá saborear. e olha, o filhão tem uma puta sorte com os agentes-investidores-pais. parabenize-o por mim.

peri s.c. disse...

Anna,
fazemos o que podemos, e nessas, procuramos tirar umas casquinhas também.

anna disse...

fechado prá balanço?

peri's, ótimo ano prá vc e seus queridos.